PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vasco chega à 3ª vitória seguida ao bater Atlético-GO e G-7 fica perto

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/10/2017 21h22

O Vasco embalou de vez. Encaixado com o técnico Zé Ricardo, o time bateu o Atlético-GO por 1 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), e chegou à terceira vitória consecutiva pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, feito que deixou o clube ainda mais próximo do G-7, o grupo das equipes que garantem vaga à Libertadores.

O resultado também serviu para deixar o risco de rebaixamento cada vez mais distante. De acordo com os matemáticos, a linha de corte está em 45 pontos, e o Cruzmaltino já soma 42 faltando ainda nove rodadas.

Neste sábado, o Vasco recebe o Coritiba no Maracanã e a tendência é a de que se tenha um grande público, uma vez que a equipe está numa crescente na competição.

Já o Atlético-GO se afundou ainda mais na lanterna e está em situação delicadíssima na zona da degola.

O melhor - Martín Silva

Apesar de ter vencido, o Vasco passou alguns apertos e foi salvo pelo goleiro Martín Silva, que fez ao menos três boas defesas, sendo duas com grau de dificuldade elevado. 

Boa tabela

Aos 14 minutos do primeiro tempo, Yago Pikachu e Nenê fizeram boa tabela e o lateral invadiu a área, mas chutou fraco, para a defesa de Marcos.

Martín salva

Após belo passe de letra de Andrigo, Luiz Fernando invadiu a área aos 19 minutos do primeiro tempo e chutou forte no canto, mas o goleiro Martín Silva se esticou e fez bela defesa.

Corte salvador!

Aos 40, Madson imprimiu sua tradicional velocidade e salvou uma bola na linha de fundo que parecia perdida. O cruzamento para trás encontrou Mateus Vital livre, sem goleiro, mas na hora da conclusão, o lateral direito Jonathan salvou com um corte de carrinho.

Contra o próprio patrimônio

O gol que abriu o placar no Serra Dourada surgiu de uma verdadeira lambança da zaga do Atlético-GO. Andrés Rios recebeu na direita e cruzou fraco e rasteiro. A bola cruzou a área, os zagueiros bateram cabeça e o lateral direito Jonathan acabou fazendo gol contra.

Martin Silva de novo!

Em noite inspirada, Martin Silva salvou o Vasco novamente logo aos 8 minutos do segundo tempo, em chute à queima-roupa de Niltinho. 

Mudanças

O técnico Zé Ricardo não pôde contar com o atacante Luis Fabiano, que segue se recuperando de lesão, e o volante Jean, suspenso. Entraram em seus lugares o argentino Andrés Rios, que voltou de suspensão, e Bruno Paulista, respectivamente.

Quase esteve do outro lado

Por muito pouco, Breno não esteve do outro lado na noite desta quarta-feira. O zagueiro chegou a acertar verbalmente sua transferência para o Atlético-GO, mas uma proposta em cima do laço do Vasco fez o jogador mudar de ideia e desembarcar em São Januário.

Dialogando com o popular

Conhecido pelas narrativas bem-humoradas, o Twitter oficial do Atlético-GO seguiu inspirando na noite desta quarta e não se intimidou ao dizer que o relato do jogo da arquibancada do Serra Dourada.

ATLÉTICO-GO 0 X 1 VASCO
Local:
Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Hora: 19h30 (horário de Brasilia)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima (SE)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto (SE) e Fabio Pereira (TO)
Cartões amarelos: André Castro, Andrigo (ATL); Bruno Paulista, Yago Pikachu (VAS)
Cartões vermelhos: Niltinho
Gols: Jonathan (contra), aos 29 minutos do primeiro tempo (VAS)

Atlético-GO
Marcos; Jonathan, Gilvan, Eduardo Bauermann e Bruno Pacheco; André Castro, Paulinho (Niltinho) e Jorginho; Luiz Fernando, Andrigo (Diego Rosa) e Walter (Alisson)
Técnico: João Paulo Sanches

Vasco
Martín Silva; Madson, Anderson Martins (Paulão), Breno e Ramon; Wellington, Bruno Paulista (Andrey), Yago Pikachu, Nenê, Mateus Vital (Paulo Victor); Andrés Ríos
Técnico: Zé Ricardo

Esporte