PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corintianos celebram empate no Morumbi e Clayson admite exaltação em gol

Bruno Grossi e Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

24/09/2017 13h15

O resultado em 1 a 1 ficou de ótimo tamanho na avaliação de jogadores corintianos, neste domingo, no Morumbi. O placar conquistado contra o São Paulo com gol de Clayson foi bem recebido pelos atletas e permite ao Corinthians se manter invicto contra o rival em 2016 depois de seis duelos, com três vitórias e três empates.  

"No primeiro tempo, erramos muitos passes e tomamos um gol. No segundo tempo, entramos mais focados, colocamos a bola no chão e empatamos. Acho merecido. Nos entregamos até o final e esse ponto é muito importante", declarou Arana. 

"O Brasileiro é complicado, a gente sabe que pontuar fora é muito importante. Jogar com o rival, dentro da casa deles...não fizemos bom primeiro tempo, sabemos disso. Conseguimos pressionar, pôr a bola no chão e empatar o jogo. Saímos satisfeitos pelo segundo tempo que a gente fez", disse Fagner. 

Já Marquinhos Gabriel, acionado no intervalo, ficou também satisfeito. "Na hora certa as coisas vão acontecer, a equipe está bem montada, postada, o que vem pela frente deixamos nas mãos de Deus. O resultado é ótimo", afirmou. 

Por fim, o herói do dia foi Clayson, que tirou a camisa ao marcar o gol do empate e correu em direção à arquibancada. Ele admitiu emoção ao marcar pela primeira vez no atual clube. "Primeiramente, agradeço a Deus. Só ele sabe a minha luta. Eu vinha falando deste gol e sabia que ele sairia na hora certa. Foi num momento importante, com ajuda companheiros pude fazer gol", comentou. 

"Acabei me exaltando, fui pra qualquer lado. Tenho respeito pela torcida deles e fui comemorar como achava que tinha, então corri para aquele lado. Fui sem querer", concluiu Clayson. 

Esporte