PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Meia do Cruzeiro supera gripe para acabar com jejum de quase um ano

Do UOL, em Belo Horizonte

27/08/2017 21h29

Aos 10 minutos do segundo tempo, após lindo lançamento de Lucas Silva, o meia Rafinha empatou o jogo para o Cruzeiro o jogo com o Santos. O gol do camisa 70 foi o primeiro em quase um ano. Esse era o tempo de jejum de gols do jogador cruzeirense, que antes do empate deste domingo, não fazia um gol desde 25 de setembro do ano passado, na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, pelo Brasileirão de 2016.

Mas para acabar com o jejum e terminar com a cobrança que sofria dentro da própria casa, Rafinha teve de superar uma gripe. Motivo pelo qual o meia não conseguiu terminar a partida e acabou substituído por Élber, já nos minutos finais do jogo.

“Estou bastante gripado, mas fiquei feliz por fazer um gol. As crianças lá em casa já estavam cobrando”, disse o camisa 70 do Cruzeiro.

E foi com Rafinha a melhor chance para virar o jogo. Aos 21 minutos do segundo tempo o meia aproveitou uma bola mal cortada pela defesa santista e ficou sozinho com o goleiro Vanderlei. O chute não saiu dos melhores, mas foi o suficiente para superar o camisa 1 do Santos. A bola só não entrou por causa da boa recuperação do zagueiro Lucas Veríssimo, que fez o corte já em cima da linha do gol.

“Tive outra oportunidade, mas demorei para concluir. Joguei por cima, mas o zagueiro tirou a bola. Mas estou feliz, já que estou tossindo, com febre e dor no peito, o que me deixou dois dias sem dormir direito”, completou Rafinha.

Esporte