PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marllon crê em jogo de estudo contra o Atlético-MG

Marllon, da Ponte Preta, é acompanhado por Abila, do Cruzeiro - Marcello Zambrana/AGIF
Marllon, da Ponte Preta, é acompanhado por Abila, do Cruzeiro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em Belo Horizonte

27/08/2017 11h00

Com 27 pontos e uma sequência de quarto jogos sem derrota, a Ponte Preta recebe o Atlético, neste domingo, no Moisés Lucarelli, pela vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Assim como foi no primeiro turno, empate em 2 a 2, o zagueiro Marllon acredita em um jogo estudado em Campinas.

"Claro, que sempre entramos em campo pensando em vitória, mas do outro lado vamos enfrentar uma equipe com um dos melhores elencos do Brasil, mas que não vive boa fase. Temos que tirar proveito, porque o Atlético está buscando uma reação, que pode ser iniciada a qualquer momento. Acredito que será um jogo estudado, pois as duas equipes já apresentaram essa postura na partida do primeiro turno", afirmou.

"Temos que entrar concentrados para não sermos surpreendidos, no inicio da partida, como aconteceu em Minas e depois ter que correr atrás do placar", explicou Marllon.

Apesar de ter como prioridade fugir da zona do rebaixamento, o zagueiro da Ponte Preta acredita que a equipe pode alcançar objetivos maiores neste Brasileiro.

"Estamos a três pontos do G-6. O campeonato por ser muito equilibrado possibilita essa gangorra para quem está no meio da tabela. Ao mesmo tempo quem está perto da zona de rebaixamento, com duas vitórias pode entrar na briga por uma vaga na Libertadores", finalizou.

Esporte