PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Da idolatria à vaia: Gustavo Scarpa vive outra realidade no Fluminense

Do UOL, em São Paulo

27/08/2017 04h00

Visto como um das maiores revelações do Fluminense nos últimos anos, Gustavo Scarpa não atravessa um bom momento com a camisa da equipe das Laranjeiras.

Autor de um único gol na atual edição do Campeonato Brasileiro, o meia chegou a ser vaiado por parte da torcida de seu clube, durante a derrota por 1 a 0 para o Vasco, no Maracanã, em clássico válido pela 22ª rodada da competição, neste sábado.

“As vaias são normais. Sei que tem muito para oferecer. Cada um pode falar o que quiser. Os torcedores podem elogiar, podem criticar. Só que tem que haver respeito mútuo. Isto é interessante”, comentou Scarpa.

Em outros tempos, o meia chegou a receber sondagens de clubes do exterior e, até mesmo, do Palmeiras.

Apesar da má fase de Scarpa e das vaias direcionadas ao atleta, o técnico Abel Braga tentou não colocar mais pressão sobre o jogador. “Eu fiz algumas modificações para deixar o time mais rápido no segundo tempo [do clássico contra o Vasco]. Ficou pesado para o Peu, para o Scarpa e para o Jefferson”, analisou o treinador ao comentar a atuação do meia. Vale ressaltar que, mesmo com as críticas, Scarpa é o líder de assistências do Brasileiro com sete passes para gol.

Com o revés deste sábado, o Fluminense estacionou nos 30 pontos. Na próxima rodada, dia 10 de setembro – daqui a dois domingos – o Fluminense visita o Vitória, na Bahia. “Não tem tempo para lamentar. Espero que a gente volte a vencer”, finalizou o atleta.

Esporte