PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Botafogo vence Bahia com gol nos acréscimos e encosta no G-6

Do UOL, em São Paulo

27/08/2017 17h57Atualizada em 27/08/2017 21h17

Depois de ser eliminado na semifinal da Copa do Brasil pelo arquirrival Flamengo, o Botafogo superou o Bahia por 2 a 1, neste domingo (27/08) na Fonte Nova, em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

A equipe carioca saiu na frente com um gol de Roger, aos 12 minutos do primeiro tempo. No entanto, três minutos depois, cedeu o empate ao ser vazado em uma cabeçada de Renê Júnior. Já nos acréscimos da etapa final, Bruno Silva, também de cabeça, deu a vitória para os visitantes. 
 
Com o resultado, o time alvinegro chegou aos 31 pontos e encostou no G-6, com o mesmo número de pontos do Cruzeiro, sexto colocado, que empatou com o Santos, em Belo Horizonte. Já a equipe baiana, com 26 pontos, está um ponto a frente do Avaí, o primeiro clube na zona da degola. 
 
Na próxima rodada, o Bahia visita o Atlético-GO, dia 11/09, numa segunda-feira, às 20h, enquanto o Botafogo, um dia antes, às 19h, recebe o Flamengo. 
 
Começo agitado
 
Bahia e Botafogo fizeram um jogo agitado no início. Logo aos 5 minutos, o lateral direito Arnaldo, do time carioca, cruzou rasteiro, o zagueiro Lucas Fonseca furou e Roger estava pronto para marcar. No entanto, o centroavante não alcançou a bola.
 
Os mandantes responderam com um chute cruzado de Rodrigão. O arremate, porém, passou à direita de Gatito Fernández. 
 
Gols na sequência
 
Depois de um susto para cada lado, as equipes balançaram as redes. Primeiro, aos 12 minutos, Roger colocou o Botafogo em vantagem ao completar, de cabeça, um cruzamento de Pimpão. 
 
Três minutos depois, em um lance bastante parecido, o meia Zé Rafael colocou a bola na cabeça do voante Renê Junior. O atleta encobriu Gatito Fernández e igualou o duelo. 
 
Jean salva o Bahia
 
Após Lindoso ganhar a dividida com o zagueiro Tiago, a bola sobrou limpa, na área, para Pimpão. O atacante concluiu duas vezes, porém parou nas defesas de Jean.
 
Capitães deixam o jogo
 
Um dos líderes do Botafogo e capitão da equipe, Carli saiu da partida por contusão. O zagueiro argentino foi substituído pelo jovem Marcelo. Já no fim do primeiro tempo, o defensor e capitão do Bahia, Tiago, também sentiu uma lesão e saiu para a entrada de Rodrigo Becão.
 
Na volta para o segundo tempo, o técnico botafoguense, Jair Ventura, teve que fazer mais uma substituição. O meia Marcos Vinícius, com um desconforto, deu lugar a Guilherme.
 
Bahia volta melhor à etapa final
 
Logo no início da etapa complementar, o Bahia levou perigo à meta da equipe carioca. Rodrigão, de cabeça, fez o goleiro Gatito Fernández trabalhar. 
 
O time baiano manteve o domínio do confronto e rondou a área rival, mas sem conseguir criar uma real oportunidade de gol. Na tentativa de transformar a superioridade em vantagem no placar, o treinador do Bahia, Preto Casagrande, trocou Zé Rafael por Vinícius. Por fim, o técnico ainda colocou Maikon Leite no lugar de Régis. 
 
Jair também queimou sua última alteração ao promover a entrada de Gilson na vaga de Victor Luís. 
 
Bruno Silva marca no fim
 
Quando o placar já parecia definido, o volante Bruno Silva entrou como elemento surpresa na área, superou a zaga do Bahia pelo alto e marcou, de cabeça, o gol da vitória botafoguense. 
 

 

 

Esporte