PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lesão rara em Jaílson faz Palmeiras ouvir médico da NFL. Retorno é incerto

O goleiro Jailson durante jogo do Palmeiras - Agência Palmeiras
O goleiro Jailson durante jogo do Palmeiras Imagem: Agência Palmeiras

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

22/08/2017 16h27

Jaílson tem uma lesão tão rara que fez o Palmeiras procurar ajuda de especialistas nos Estados Unidos. O goleiro teve um rompimento de tendão na região do quadril durante o jogo contra o Barcelona-EQU, pelas oitavas de final da Libertadores. A situação faz o clube preferir não dar prazo para o retorno do atleta.

A informação foi dada pelo site da TV Globo e confirmada pelo médico Gustavo Magliocca durante o treino desta terça-feira. Segundo ele, essa lesão nunca tinha sido detectada em atletas.

A situação foi tão curiosa que o departamento médico do Palmeiras entrou em contato com colegas da área que trabalham em times do campeonato de futebol americano, a NFL.

Ainda de acordo com Magliocca, a decisão de momento é não tratar Jaílson com uma operação, embora essa possibilidade exista. A princípio, os médicos palmeirenses vão adotar o processo conservador.

Boletim médico para o clássico

Por fim, o médico também não quis dar prazo de retorno para Dudu. Ele teve uma lesão muscular com prazo de um mês de recuperação e está, neste momento, partindo para a terceira semana de tratamento. O próximo jogo está marcado para domingo, contra o São Paulo, no Allianz Parque.

Moisés e Edu Dracena não participaram de todo o trabalho com bola e seguem cronogramas especiais de tratamento. A princípio, nenhum dos dois preocupa.

Yerri Mina, que operou o pé, ficará por pelo menos mais dois meses afastado dos gramados para se recuperar.

Esporte