PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians encara resistência de times secundários em campanha quase 100%

Carille orienta jogadores do Corinthians em último treino antes do jogo contra o Vitória - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Carille orienta jogadores do Corinthians em último treino antes do jogo contra o Vitória Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

19/08/2017 04h00

O Corinthians fez uma campanha quase perfeita no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, com 14 vitórias em 19 jogos. O time, porém, mostrou um ponto fraco até aqui: as dificuldades diante de equipes secundárias. Neste sábado, o adversário da vez será o Vitória, penúltimo colocado na tabela.

Nos cinco empates da campanha invicta, quatro ocorreram contra clubes que já estiveram próximos à zona de rebaixamento ou começaram a lutar contra o descenso nas rodadas seguintes. Casos de Chapecoense, Coritiba, Avaí e Atlético-PR, grupo que, ao lado do Flamengo, conseguiram tirar pontos do líder da competição.

A Chapecoense, que arrancou um empate por 1 a 1 na primeira rodada em plena Arena Corinthians, iniciou bem o Brasileirão, mas depois caiu de rendimento. O mesmo aconteceu com o Coritiba. O time ficou no 0 a 0 com os corintianos no Couto Pereira quando lutava pelas primeiras posições. Na sequência, viu a zona da degola mais perto.

O Avaí também ficou no empate sem gol com o Corinthians em casa. Os catarinenses, por sua vez, sempre estiveram na parte de baixo da tabela. Já o Atlético-PR conseguiu um placar de 2 a 2 em Itaquera e, a partir dali, melhorou o rendimento no campeonato.

Nesta sexta-feira, logo após o último treino do Corinthians, o técnico Fábio Carille repetiu o discurso ao afirmar que a estratégia alvinegra é pensar jogo a jogo. Além disso, ressaltou que o elenco dá ares de decisão à partida.

"O adversário do Corinthians sempre vai ser o próximo. É o Vitória. Não falo de Chapecoense e nem de Atlético-GO. Vai ser bastante psicológico, concentração. É a equipe a ser batida, a ser estudada. Quando estamos atrás fazemos isso também. Então tratamos todos os jogos como decisão", disse Carille.

A bola rola de novo

O time corintiano voltará à ativa no Campeonato Brasileiro depois de 13 dias sem jogos. O fato deu-se depois que o confronto com a Chapecoense, válido pela primeira rodada do returno, foi adiado - ele acontecerá na próxima quarta-feira, em Santa Catarina.

De acordo com Carille, o período de treinos, que ainda contou com três dias de folga, foi benéfico ao Corinthians. Nos treinos, dessa forma, o treinador deu ênfase justamente aos pontos fracos do time.

"Repeti muitas coisas na semana, que eram necessárias. Eu potencializando essas coisas, cresço outras. Está muito perto a parte ofensiva, ajustei a parte defensiva. Foi muita repetição daquilo que entendo, das minhas convicções com esse grupo de jogadores", ressaltou o treinador do Corinthians.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x VITÓRIA

Data: 19 de agosto de 2017, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro (21ª rodada)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Clayson, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caique Sá, Wallace, Kanu e Juninho; Ramon, Uillian Correia e Yago; Neilton, David e Tréllez. Técnico: Vagner Mancini

Esporte