PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cássio celebra apoio da torcida e diz que derrota não abala o Corinthians

Do UOL, em São Paulo

19/08/2017 18h11

O clima em Itaquera após a derrota do Corinthians neste sábado para o Vitória, por 1 a 0, era de tranquilidade. Incentivados pela torcida na saída de campo, os jogadores do líder do Campeonato Brasileiro adotaram a moderação para falar da primeira derrota na competição, na primeira partida da equipe no segundo turno.

"(A derrota) não muda em nada. A gente sabe que não seria fácil, sempre teve o maior respeito por qualquer adversário. Agora é levantar a cabeça e quarta-feira ir buscar os três pontos", declarou o goleiro Cássio na saída de campo, em entrevista ao "Sportv".

"A torcida está sempre junto, apoiando. Infelizmente a gente não conseguiu o resultado. Não faltou empenho, o time infiltrou, mas não conseguiu encaixar para fazer o gol. São coisas do futebol. O Vitória teve seus méritos, conseguiu fazer um gol, a bola desviou ali no Arana. O nosso time está de parabéns pela entrega. Agora é concentrar e descansar", acrescentou o camisa 1.

O Corinthians defendia uma série de 34 partidas sem perder em 2017. A última derrota havia acontecido dia 19 de março, em Araraquara, diante da Ferroviária, ainda pelo Campeonato Paulista. Depois disso, o time venceu 21 partidas e empatou outras 13.

O Vitória conquistou a façanha de tirar a invencibilidade do Corinthians com um único gol. Os baianos abriram o placar com o colombiano Santiago Tréllez, logo aos 11 minutos do primeiro tempo, após bom passe diagonal de Neílton, em jogada de contra-ataque.

Desta forma, o Corinthians fica estagnado nos 47 pontos na tabela de classificação, oito a mais em relação ao Grêmio, segundo colocado – com o mesmo número de partidas disputadas. Os gaúchos entram em campo nesta rodada neste domingo, contra o Atlético-PR. O Vitória, por sua vez, segue em situação delicada na competição, dentro da zona de rebaixamento, mesmo com o êxito como visitante. O time baiano soma apenas 22 pontos até o momento. 

Os líderes da Série A voltam a jogar na quarta-feira, quando enfrentam a Chapecoense fora de casa, em jogo atrasado do Brasileiro. Já o Vitória do técnico Vágner Mancini visita o Coritiba no Paraná. 

Esporte