PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Arroyo estreia pelo Grêmio, mas deixa estádio com suspeita de fratura

Equatoriano se envolveu em lance forte com Victor Ferraz e machucou nariz - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Equatoriano se envolveu em lance forte com Victor Ferraz e machucou nariz Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

30/07/2017 22h05

Michael Arroyo estreou pelo Grêmio neste domingo (30), contra o Santos, mas ficou pouco tempo em campo. Colocado na vaga de Everton, no segundo tempo, o equatoriano saiu de campo com suspeita de fratura no nariz e foi direto ao hospital para definir a gravidade do caso. O clube gaúcho deve se manifestar nas próximas horas sobre o tempo de parada.

O lance ocorreu perto da linha de fundo, com Victor Ferraz, após bola aérea.

“Ele teve um trauma, tem suspeita de fratura. Foi ao hospital para fazer exame e aí teremos a gravidade da lesão”, disse Márcio Dorneles, médico do Grêmio. “Houve muito sangramento, estancamos e foi possível ver ter a suspeita”, completou.

Arroyo foi relacionado pela primeira vez desde que chegou ao Grêmio. Contratado após deixar o América do México, o meia-atacante tem como característica a finalização de média e longa distância. Além de bom aproveitamento em bolas paradas.

“O lance foi bem feio, tinha bastante sangramento. Vimos na hora que houve fratura, mas é precipitado para dizer o tempo de recuperação. Um especialista é que vai falar sobre isso”, comentou Dorneles.

Antes mesmo do parecer definitivo do departamento médico, a comissão técnica já tratou Arroyo como desfalque. Como baixa ainda sem tempo determinado para voltar.

“O Arroyo poderia ter ido na viagem anterior, estava pronto. O que falta é ritmo de jogo. Temos que colocar ele aos pouquinhos. Infelizmente ele entrou, se machucou”, comentou Renato Gaúcho.

Esporte