Topo

Esporte


Thiago Neves e Sóbis marcam e garantem vitória do Cruzeiro sobre Coritiba

Washington Alves/Cruzeiro/Light Press
Imagem: Washington Alves/Cruzeiro/Light Press

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

25/06/2017 17h52

O Cruzeiro venceu o Coritiba na tarde deste domingo (25), por 2 a 0, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, e evitou que chegasse ao quarto confronto sem triunfos na temporada - marca que seria a pior da equipe em 2017. Thiago Neves e Rafael Sóbis foram responsáveis pelos gols do compromisso disputado no Mineirão.

Com o resultado, a Raposa chega à nona colocação do torneio nacional, com 14 pontos conquistados. O Coxa, por sua vez, chega ao quinto jogo sem vencer e contabiliza 15 pontos. Os paranaenses estão na sétima posição.

O melhor: Diogo Barbosa dá assistência e faz boas jogadas pelo Cruzeiro

Capitão do Coritiba, Werley sobrou nas bolas aéreas diante do Cruzeiro. Usando esta jogada - sempre em cobranças de escanteio -, o zagueiro levou perigo ao gol adversário. Em uma delas, ele até mandou a bola no travessão do mandante.

Lucas Romero se lesiona e quebra maior sequência de jogos de 2017

Depois de um longo período de inatividade por opção de Mano Menezes, Lucas Romero se tornou titular absoluto do Cruzeiro. Não é à toa que esteve em campo nesta condição em cinco dos últimos seis compromissos do time nesta edição do Campeonato Brasileiro. Contudo, na tarde deste domingo (25), o volante que quase deixou a Toca da Raposa II por ser preterido pela comissão técnica sofreu uma torção no joelho direito e acabou substituído por Hudson.

Joia do Coritiba, Matheus Galdezani aplica bela caneta e faz jus à fama

Matheus Galdezani, do Coritiba, aplica bela caneta em Ariel Cabral, do Cruzeiro, no Mineirão - © Washington Alves/Cruzeiro
Matheus Galdezani, do Coritiba, aplica bela caneta em Ariel Cabral, do Cruzeiro, no Mineirão
Imagem: © Washington Alves/Cruzeiro

Matheus Galdezani fez juz à fama de revelação do Coritiba e aplicou um drible desconcertante em Ariel Cabral. O meio-campista rolou a bola entre as pernas do volante argentino ainda no primeiro tempo e levou os torcedores do Coxa à loucura. O lance chamou a atenção de quem esteve no estádio.

Dupla imbatível volta a fazer diferença em vitória do Cruzeiro contra o Coritiba

Juntos, Robinho e Rafael Sóbis disputaram 12 partidas como titulares do Cruzeiro. O curioso é que, com a dupla em campo, o time mineiro não sofreu derrotas. Foram dez vitórias - incluindo a deste domingo (25), diante do Coritiba - e dois empates. A Raposa venceu Villa Nova, Atlético-MG, Tupi, Volta Redonda, São Francisco-PA, Caldense, América/TO, América-MG, Murici e Coritiba, mas empatou com Tombense e Grêmio.

Cruzeiro estreia camisa inspirada em 1997

Em comemoração dos 20 anos do título da Copa Libertadores da América, o Cruzeiro apresentou na tarde deste domingo (25), horas antes do início da partida, o uniforme que utilizará em 2017. O material faz alusão à camiseta utilizada na conquista da principal competição internacional, ocorrida há 20 anos. Com losangos e estrelas espalhadas, o fardamento já está à disposição da torcida nas lojas Maior de Minas, espalhadas em Belo Horizonte e na Região Metropolitana. A diretoria também montou uma loja itinerante para que os torcedores que foram ao Mineirão pudessem adquirir o produto.

Ficha técnica
Cruzeiro x Coritiba

Motivo: 10ª rodada do Brasileirão
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 25 de junho de 2017 (domingo)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Público/Renda: 11.770 pagantes (14.190 presentes) / R$ 213.928,00

Cartão amarelo: Alecsandro, Dodô (Coritiba);

Gols: Thiago Neves - 37'/1ºT (1-0); Rafael Sóbis - 19'/2ºT (2-0)

Cruzeiro
Fábio; Ezequiel, Léo, Kunty Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero (Hudson - 28'/1ºT), Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves; Alisson (Rafael Marques - 42'/2ºT) e Rafael Sóbis (Sassá - 39'/2ºT).
Técnico: Mano Menezes.

Coritiba
Wilson; Léo, Marcio, Werley e William Matheus; Jonas, Matheus Galdezani (Tomás Bastos - 33'/2ºT) e Tiago Real; Rildo (Iago Dias - 30'/2ºT), Henrique Almeida (Getterson - 25'/2ºT) e Alecsandro.
Técnico: Pachequinho.

Mais Esporte