PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians escapa de perder até 10 mandos, mas é multado por sinalizadores

Ale Cabral/AGIF
Imagem: Ale Cabral/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/06/2017 12h16

A recorrência de sinalizadores entre torcedores corintianos segue a trazer problemas para o clube. Em dois julgamentos no STJD, sendo o primeiro na quinta-feira e o segundo nesta sexta, o clube acabou absolvido no segundo depois de ser punido no primeiro - terá de pagar multa de R$ 40 mil. 

Denunciado no Artigo 213 (não prevenir e reprimir as desordens de torcedores), o Corinthians correu risco de perder 10 mandos no Campeonato Brasileiro, pena máxima prevista e que foi solicitada pela procuradoria. Na sessão desta sexta-feira, referente a jogo contra o Santos (3 de junho), o clube acabou livre de punições.

No caso, representado pelo advogado João Zanfolin, o tribunal entendeu que o Corinthians cumpriu com o que exige o Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Os torcedores que portavam sinalizadores foram identificados na ocasião e encaminhados ao Jecrim (Juizado Especial Criminal).

Já na sessão de quinta-feira, o Corinthians havia sido multado em R$ 40 mil pela ação de seus torcedores no Serra Dourada, palco de jogo com o Atlético-GO no dia 28 de maio.

Há pouco mais de um mês, o clube havia emitido nota sobre o tema e relatou que já havia pagado R$ 110 mil em multas pelo mesmo motivo. Desde então, a fiscalização na Arena Corinthians se tornou mais rigorosa, mas ainda não estancou a ação dos torcedores organizados. No início da semana, o lateral Guilherme Arana chegou a publicar um vídeo em que acendia um sinalizador na arquibancada de uma partida de futsal. 

Esporte