PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sassá justifica estreia discreta pelo Cruzeiro com falta de ritmo de jogo

Do UOL, em Belo Horizonte

22/06/2017 22h44

Aos 15 minutos do segundo tempo o atacante Sassá entrou no jogo contra a Ponte Preta. Era a estreia pelo Cruzeiro, mas foi de uma forma que o jogador não esperava. Sem conseguir finalizar nenhuma vez, o camisa 99 participou pouco do jogo nos pouco mais de 30 minutos que ficou em campo e teve uma estreia bastante discreta com derrota.

Para explicar alguns dos erros que cometeu, Sassá atribuiu à falta de ritmo de jogo. Sem jogar desde o começo de maio, quando foi afastado do elenco principal do Botafogo, por indisciplina, o atacante ficou quase dois meses sem disputar uma partida de futebol. Como estava treinando bem, o técnico Mano Menezes decidiu antecipar a estreia do jogador.

“Estou um pouco fora de ritmo de jogo, mas temos que levantar a cabeça para voltar bem”, disse rapidamente Sassá, ao deixar o gramado após a derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta.

E os números compravam que o atacante teve participação bastante discreta em Campinas. Considerando os acréscimos do segundo tempo, Sassá ficou em campo por 34 minutos na estreia pela Cruzeiro. Apesar do tempo, o camisa 99 não conseguiu finalizar uma vez sequer. Aliás, o número de destaque para o reforço cruzeiro foi o de faltas comedidas. De acordo com o Footstats, Sassá fez quatro e sofreu três.

E a primeira vez que Sassá pegou na bola com a camisa do Cruzeiro foi para fazer uma falta. Após receber bom passe, o atacante adiantou a bola e acabou derrubando o zagueiro Rodrigo.

Sassá ainda foi desarmado em duas oportunidades pelos jogadores da Ponte Preta e errou dois três passes que tentou no período em que ficou em campo. Além da falta de ritmo de jogo, outra explicação para estreia discreta de Sassá pelo Cruzeiro é a postura do time. Com uma enorme quantidade de jogadores reservas, o clube mineiro não jogou bem e pouco ameaçou o gol da Ponte Preta. Portanto, Sassá apenas não conseguiu fazer nada diferente do que fizeram os demais jogadores do Cruzeiro.

Esporte