PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Geromel fala em 'pés no chão' ao explicar boa arrancada do Grêmio

Zagueiro disse que time viu "o que queria da vida" após eliminação no estadual - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Zagueiro disse que time viu 'o que queria da vida' após eliminação no estadual Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

22/05/2017 19h29

As vitórias em cima de Botafogo, Fluminense e Atlético-PR mudaram o ambiente no Grêmio. A pressão pela queda surpresa na semifinal do Gauchão ficou para trás e agora o time vive uma fase de afirmação. Para Pedro Geromel, os resultados vieram após o time botar os pés no chão e ‘ver o que queria da vida’.

Além de 100% de aproveitamento no Brasileirão, o Grêmio também está perto das quartas de final da Copa do Brasil e igualmente próximo das oitavas da Libertadores.

“Foi o momento onde tivemos tempo para treinar, acertar detalhes. Foi quando botamos os pés no chão, vimos o que queríamos da vida. Nosso objetivo é andar sempre ali na frente. E vamos encarar jogo a jogo. Foi muito bom, ganhamos, e agora vamos olhar para o Zamora”, disse o zagueiro.

A queda na semifinal do Campeonato Gaúcho, diante do Novo Hamburgo, gerou desconforto. A derrota para o Deportes Iquique-CHI fora de casa aumentou o tom das críticas. Mas o time deu a resposta com três boas atuações.

Ao vencer o Botafogo, na estreia do Brasileirão, por 2 a 0. Ao virar o placar diante do Fluminense, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, e mais recentemente ao controlar o Atlético-PR em plena Arena da Baixada.

“A qualidade do grupo, o trabalho em si. O trabalho do Renato, o trabalho coletivo. Quem tem entrado não deixa o nível cair. A qualidade do grupo é superior ao ano passado”, comentou.

O Grêmio, com pés no chão, volta a campo na quinta-feira, às 21h45 (Brasília), quando recebe o Zamora-VEN. Uma vitória simples garante o tricolor gaúcho como líder do grupo 8 da Libertadores. No domingo, o time visita o Sport pela terceira rodada do Brasileirão.

Esporte