PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Está igual, e temos outro jogo", diz meia do Inter após tropeço em casa

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

17/11/2016 22h58

O venezuelano Seijas entrou no segundo tempo após muitos pedidos da torcida e não conseguiu 'salvar' o Inter diante da Ponte Preta. O empate em 1 a 1 manteve o Colorado na zona de rebaixamento. A três jogos do fim do campeonato, o armador disse que ainda 'está tudo igual'. 

"Acho que está tudo igual. Agora temos outro jogo, é uma lástima quando uma bola parada, que trabalhamos, que sabíamos, é normal, e temos três jogos e temos que buscar o resultado em São Paulo", disse. 
 
E Seijas não está de todo errado. Em pontos, Inter e Vitória tem a mesma marca: 39. Os vermelhos estão atrás por conta do número de gols marcados. 
 
O que pesa, porém, é que no calendário do Inter há dois jogos fora de casa e um em casa. Já os baianos tem dois compromissos como local e apenas um fora. 
 
"Saímos na frente, deixamos acontecer, mas temos que ganhar fora, não tem outro jeito", avaliou Anselmo. "É isso, sabíamos que seria difícil, foi o que houve. Temos que trabalhar, não tem mistério. Temos que ganhar. Empatamos em casa. Não poderia ter acontecido", completou Paulão. 
 
O próximo compromisso do Inter será diante do Corinthians, fora de casa, no final de semana. 
 

Esporte