PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Homenageado, Tite se recusa a falar sobre seleção: "está sendo indelicado"

Tite foi homenageado na Arena Corinthians neste domingo -  Danilo Verpa/Folhapress
Tite foi homenageado na Arena Corinthians neste domingo Imagem: Danilo Verpa/Folhapress

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

19/06/2016 15h39

Homenageado na tarde deste domingo na Arena Corinthians antes de a bola rolar para a partida contra o Botafogo, o técnico Tite se recusou a falar sobre o possível acerto entre ele e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para assumir a seleção brasileira. Ao ser perguntado por um repórter da Globo sobre o assunto, o treinador foi ríspido.

"Agora não é hora de falar sobre isso. Você está sendo indelicado", foram as únicas palavras de Tite sobre seleção brasileira.

No dia que o Corinthians anunciou Cristóvão Borges como seu novo treinador, Tite ainda recebeu mais uma homenagem na arena localizada em Itaquera. Ele foi ovacionado ao pisar no gramado, ganhou uma placa e, em meio aos gritos de "olê, olê, olê, olê, Tite, Tite", agradeceu.

"Nós, juntos, temos seis títulos. Perdemos também, é claro, mas vou levar um título, eu a minha família, a gratidão e o carinho de vocês. De coração, muito obrigado", declarou.

Tite causou forte comoção nas arquibancadas. Muitos torcedores levaram cartazes com dizeres de agradecimento e choraram ao ver o adeus do técnico. O garoto Marcus Vinicius Maximovitz, de 14 anos, viajou de Irati-PR até São Paulo só por causa de Tite. Ele não conteve a emoção e chegou a ficar em prantos por causa da saída do treinador.

“É uma dor no coração. Esse cara mudou a história do Corinthians. Trouxe o título que faltava que era a Libertadores. É o melhor técnico do mundo, pela forma que trabalha, joga com o time. Hoje passou um filme pela cabeça. Lembro da história toda desde 2011 com Libertadores, Mundial, Recopa. Só tenho a dizer obrigado, muito obrigado. Volte em breve", disse ele.

Tite é considerado um dos maiores técnicos da história do Corinthians. Pelo clube de Parque São Jorge, foi campeão paulista (2013), bicampeão brasileiro (2011 e 2015), campeão da Recopa Sul-Americana (2013), da Copa Libertadores (2012) e do Mundial de Clubes (2012).

Esporte