PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Resultados longe do Allianz atrapalham planos de Cuca no Brasileirão

Palmeiras jogou quatro partidas sob o comando de Cuca no Allianz Parque - AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA
Palmeiras jogou quatro partidas sob o comando de Cuca no Allianz Parque Imagem: AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

31/05/2016 08h20

Nenhum ponto marcado fora de casa depois de quatro rodadas do Brasileirão. O desempenho apresentado como visitante nos dois jogos realizados até aqui já surge como um empecilho a ser superado pelo Palmeiras em seu plano de lutar pelo título brasileiro deste ano. Até aqui, a equipe de Cuca perdeu para Ponte Preta em Campinas e São Paulo no Morumbi, além de vencer Atlético-PR e Fluminense no Allianz Parque.

A própria história do campeonato mostra a importância da campanha como visitante. Nas últimas dez edições, a média de pontos fora de casa de quem ficou com o título foi de 31,6 pontos -- ou 55,4% de aproveitamento.

O campeão com pior aproveitamento neste quesito foi o Flamengo, com 26 pontos longe de seus domínios (45,6% dos pontos disputados) em 2009. Já o Fluminense, há quatro anos, registrou o melhor desempenho como visitante: foram 39 pontos em 57 possíveis. No ano passado, o Corinthians sagrou-se campeão depois de somar 31 pontos fora de casa.

Melhor o desempenho fora de casa é um discurso repetido pelos jogadores do Palmeiras e também pelo técnico Cuca. Nesta segunda-feira, o goleiro Fernando Prass disse que é preciso tentar repetir as boas atuações como mandante. Depois de receber o Grêmio, a equipe alviverde enfrentará o Flamengo em Brasília, no domingo.

"Obviamente que não contávamos com a derrota (contra o São Paulo). Estávamos projetando pontuar, quem sabe uma vitória, para depois enfrentar o Grêmio em casa. Não foi possível. Se tem uma coisa que estamos fazendo bem, é a lição de casa. Temos de fazer isso e buscar os ajustes para pontuar fora de casa também", disse o camisa 1.

Vitor Hugo-Palmeiras - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Vitor Hugo na derrota para a Ponte Preta
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

O goleiro também falou sobre a dificuldade dos times alcançarem uma regularidade durante o Brasileirão. Hoje, os líderes Inter e Grêmio somam dez pontos, com bons resultados fora de casa - o time colorado ganhou as duas, enquanto a equipe tricolor somou quatro pontos em seis possíveis longe de seus domínios. 

"Tirando Grêmio e Inter, todos oscilaram. O Inter começou com um empate com a Chapecoense em casa e depois teve três vitórias seguidas. É um perde e ganha grande no Brasileiro, mostra o equilíbrio. A equipe que destoar um pouco disso vai lutar pelo título. Temos de ir nessa matemática, de ter aproveitamento alto em casa, como estamos tendo, e somar fora de casa também", explicou.

No Allianz Parque, o Palmeiras teve 100% de aproveitamento nas quatro partidas sob o comando de Cuca. Com o treinador, o time venceu Atlético-PR e Fluminense pelo Brasileirão, além de River Plate-URU na Libertadores e São Bernardo pelo Paulistão (o ataque marcou 12 gols e a defesa não foi vazada).

Porém, contra o Grêmio na próxima quinta-feira, não poderá contar com seu estádio e mandará a partida no Pacaembu, pois a arena receberá o show do cantor Eros Ramazotti no sábado que vem.

"Ainda que não seja o Allianz, é nossa casa. O torcedor tem de entender. Eu também queria jogar em casa, mas não podemos", disse Cuca.

Esporte