PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Como um escorregão atrasa retorno de volante do Internacional

Rodrigo Dourado sofreu um escorregão que atrasou seu retorno ao time do Inter - Ricardo Duarte/ Divulgação Internacional
Rodrigo Dourado sofreu um escorregão que atrasou seu retorno ao time do Inter Imagem: Ricardo Duarte/ Divulgação Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

27/05/2016 14h56

Rodrigo Dourado voltaria a jogar pelo Inter em 20 dias, mas já está fora do time há mais de dois mês. Nesta sexta-feira (27), o departamento médico do Colorado resolveu explicar a situação. E o atraso no regresso se dá por conta de um escorregão. 

Rodrigo tinha sua recuperação da forma esperada. O volante sofreu uma lesão muscular quando atuava pela seleção olímpica do Brasil no dia 24 de março. Ficaria fora até o meio de abril, mas acabou se machucando de novo por falta de sorte. 
 
"Muita gente pergunta o motivo da demora para ele retornar. É que ele teve um contratempo. Na metade do tratamento, escorregou e se lesionou de novo. No mesmo lugar. Isso acabou atrasando o cronograma. Mas está evoluindo bem e vai voltar em breve", disse o médico Mateus Falcão.
 
Agora ele está em fase final de retomada física coordenado pelo professor Élio Carravetta no Inter. Dentro de 10 dias deve estar totalmente apto a jogar. 
 
Enquanto isso, o técnico Argel Fucks tem usado Fernando Bob, Fabinho, Anselmo e até Nilton no time. O último, porém, deixará o Internacional e atuará no Visel Kobe, do Japão. 
 
Mais problemas
 
Os demais problemas clínicos do Inter também foram abordados pelo médico. Segundo ele, uma tendinite patelar que atrapalha Anderson há algum tempo ainda fará o meio-campista ficar fora de atividade por ao menos 10 dias de fisioterapia antes mesmo de voltar à parte física. Ou seja, de 15 a 20 dias fora do time. 
 
Enquanto isso, Valdívia, que está fora desde o ano passado, recupera-se bem e dentro de 10 dias também poderá retomar atividades normais. 
 

Esporte