PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grêmio vence o Santos na bola parada e aumenta vantagem no G-4

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

15/10/2015 22h54

O Grêmio segue firme e forte no G-4 do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (15), o time gaúcho usou a bola parada e venceu o Santos, por 1 a 0, em partida da 30ª rodada. Em um duelo de bom nível técnico e recheado de chances para os dois lados, Bressan decidiu e fez de cabeça ainda no primeiro tempo. A ausência de Ricardo Oliveira, que sequer foi a Porto Alegre, dificultou a vida dos visitantes.

Sem Ricardo Oliveira, autor de 17 gols no Brasileirão, o Santos rondou a área do Grêmio – especialmente no segundo tempo, mas não chegou lá. Os donos da casa começaram melhor, com Maicon de volta ajudando na saída de bola, mas perderam terreno depois. A ausência do artilheiro fechou com uma atuação segura de Bruno Grassi, substituto do lesionado Marcelo Grohe no gol dos mandantes.

Para o Grêmio, a vitória é perfeita. O time abre nove pontos de diferença para o próprio Santos e também está a nove pontos do líder Corinthians. A equipe de Dorival Júnior perde depois de duas vitórias com mesmo placar (3 a 1 diante de Inter e Fluminense) e segue no G-4 por conta dos resultados paralelos: todos os adversários pela quarta vaga perderam na rodada.

Na próxima rodada, o Grêmio recebe a Chapecoense na Arena e o Santos volta a atuar em casa, diante do Goiás. Ambos os confrontos às 17h (Brasília) de domingo (18).

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 SANTOS

Data: 15/10/2015 (quinta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Público: 10.496 pessoas ( 8.837 pagantes)
Renda: R$ 257.109,55
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Marcos Welb Rocha de Amorim (Ambos baianos)
Cartões amarelos:  Geromel, Douglas, Moisés (GRE); Vanderlei, David Braz, Gabriel (SAN)
Cartão vermelho: Gabriel (SAN), após o final da partida
Gols: Bressan, aos 26 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Bruno Grassi; Rafael Galhardo, Pedro Geromel, Bressan e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano, Douglas (Maxi Rodríguez) e Luan (Moisés); Bobô (Pedro Rocha)
Técnico: Roger Machado

SANTOS: Vanderlei; Zeca, David Braz, Werley e Chiquinho; Thiago Maia (Serginho), Renato,  Marquinhos Gabriel (Neto Berola), Lucas Lima e Leandro (Nilson); Gabriel
Técnico: Dorival Júnior

Esporte