PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians tira 'zica', bate o Inter e vence pela 1ª vez no Itaquerão

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

17/07/2014 21h29

O Corinthians estava incomodado por ter falhado nas duas tentativas que teve de jogar em sua nova casa. Mas o torcedor alvinegro pôde nesta quinta-feira, enfim, comemorar um triunfo dentro do Itaquerão. Diante do Internacional, o time paulista venceu por 2 a 1 para 32 mil espectadores, em jogo válido pelo Brasileirão.

Guerrero e Fágner marcaram para o Corinthians; Cláudio Winck fez para o Inter.

Na primeira vez em que jogou no moderno estádio, o Corinthians era amplo favorito contra o lanterna Figueirense, mas perdeu por 1 a 0. No jogo seguinte, os corintianos sofreram empate do Botafogo no fim do jogo, 1 a 1, quando a vitória parecia certa.

Agora frente ao Internacional, a vitória do Corinthians foi construída sem grandes sustos. Com menos de 10 minutos de jogo, o placar já apontava 2 a 0. Com a vitória, o Corinthians chega a 19 pontos, três a mais do que o Colorado.

O longo tempo de preparação parece ter dado bons frutos ao Corinthians. O time voltou a ter intensidade ofensiva e defensiva, como na era Tite, apresentando rápida transição ao ataque. A partida marcou a reestreia de Elias.

O Inter sentiu a falta de um de seus principais jogadores: o meio-campista chileno Aránguiz, que se recupera de lesão. D'Alessando tinha dificuldade para acionar Rafael Moura.

O primeiro gol da partida nasceu de um passe de Jadson. O meia acionou Guerrero livre na área. O peruano finalizou na saída de Dida, aos 7 min.

A equipe de Parque São Jorge ampliou a vantagem  aos 9 min. Fágner invadiu a área pela direita e chutou após receber a bola em cruzamento rasteiro.

Palco de seis partidas da Copa do Mundo, o Itaquerão vai aos poucos se readaptando ao cenário nacional. A arquibancada provisória está sendo desmontada. A capacidade, que foi de 68 mil no Mundial, cairá para 48 mil sem os lugares provisórios.

Na segunda etapa, o Inter jogou no campo do adversário, mas tinha dificuldade para arrematar. O Corinthians recuava, aguardando o momento certo para contragolpes em velocidade.

Com 19 min do 2º tempo, Abel Braga trocou Jorge Henrique por Valdivia, mas o Inter continuava longe da meta de Cássio. Valdivia acertou a bola no travessão; Cássio ainda tocou na bola antes.

Cláudio Winck marcou de cabeça e trouxe esperança ao Inter nos minutos finais de jogo. Wellington Paulista ainda entrou nos acréscimos para tentar o empate, mas não deu tempo.

Ficha Técnica

Corinthians 2 x 1 Internacional

Local: Itaquerão, em São Paulo (SP)
Data: 17 de julho de 2014, quinta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro:Wagner Reway (MT)
Assistentes: Paulo César Faria e Lincoln Taques (MT)

Gols:Guerrero, 07'/1ºT; Fágner, 09'/1ºT; Cláudio Winck, 46´/2ºT
Cartões Amarelos: João Afonso, Wellington Silva (INT), Gil, Guerrero, Elias (COR)

Corinthians: Cássio; Fágner, Gil, Cléber e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Petros e Jadson; Luciano (Romarinho) e Guerrero (Ángel Romero).
Técnico: Mano Menezes

Internacional: Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians (Wellington Paulista), João Afonso (Claudio Winck), Alan Patrick, D´Alessandro; Jorge Henrique (Valdivia) e Rafael Moura.
Técnico: Abel Braga

Esporte