PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians usa Zizao, mas perde do lanterna Náutico no adeus de Tite

Do UOL, em São Paulo

07/12/2013 21h22

Depois de três semanas de despedida, Tite finalmente deu adeus ao Corinthians, mas sem a vitória derradeira que ele esperava. Neste sábado, na Arena Pernambuco, o clube alvinegro usou até o chinês Zizao, mas pecou novamente nas finalizações e foi derrotado por 1 a 0 pelo Náutico, lanterna do torneio, em sua última partida no Campeonato Brasileiro.

Com o revés, o time encerra sua participação na melancólica com 50 pontos, na décima colocação, que pode ficar ainda pior após os jogos de domingo. Já o Náutico, rebaixado há cerca de um mês, ao menos escapa de ter a pior campanha da história dos pontos corridos, e termina como lanterna, com 20 pontos.

Para Tite, fica o gosto do adeus com derrota, um ponto final amargo em um semestre recheado de empates, poucos gols e mau futebol. Se conseguisse outra igualdade neste sábado, o time chegaria a 18 em todo o Campeonato Brasileiro, ou seja, quase um turno todo de empates (o turno tem 19 jogos). 

Curiosamente, a despedida de Tite, que não renovará seu contrato com o clube, foi marcada pela busca por mais um 1 a 1. O gol solitário do pior ataque do torneio contra a melhor defesa saiu aos 7 minutos do segundo tempo, com Derley completando, livre, um cruzamento rasteiro de Morales.

Fora esse lance específico, o Corinthians esteve sempre mais perto do gol adversário do que o contrário. O problema é que, mais uma vez, falhou diante do goleiro.

O Corinthians deste sábado foi bem diferente daquele que vinha jogando nas últimas rodadas do Brasileiro. Sem dez jogadores, liberados para as férias de forma antecipada, Tite escalou um time com muitas novidades, sendo Pato e Rodriguinho as principais delas.

O camisa 7, sozinho, perdeu duas boas chances de cabeça. Romarinho, Rodriguinho e Guilherme perderam outras chances. A ineficiência frustrou Tite, que foi flagrado pelas câmeras de TV se lamentando em pelo menos duas oportunidades.

Sem conseguir a efetividade que precisava, o Corinthians só teve um lampejo de esperança quando Ricardo Berna, goleiro do Náutico, foi expulso. Aos 25 minutos, ele levou um amarelo por uma confusão dentro da área. Ao aplaudir ironicamente o árbitro, ele recebeu o vermelho e saiu de campo.

“Eu recebi uma cotovelada, o meu companheiro foi me defender e eu fui lá tentar acalmar. Ele veio e me deu amarelo. Eu disse que não entendi e bati palma, e aí ele decidiu me expulsar. Tenho 35 anos de idade, 20 de carreira e nunca fui expulso antes. Tem de fazer um quadro e dar parabéns para esse juiz”, disse Berna ao PFC.

Tite, então, resolveu lançar mão do único atacante que tinha à disposição: Zizao. Em ritmo de despedida, já que também não deve ficar em 2014, o chinês correu, tentou e pouco fez em seu quinto jogo pelo clube, e viu, do campo, o Corinthians terminar o ano com derrota.

CORINTHIANS X NÁUTICO
Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE)
Horário: 19h30
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Eberval Lodetti (SC) e Gean Carlos Menezes de Oliveira (RR)
Cartões amarelos: Alison e Ricardo Berna (Náutico)
Cartão vermelho: Ricardo Berna (Náutico)
Gol: Derley, aos 7 min do 2º tempo

NÁUTICO
Ricardo Berna, Auremir, Alison, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Gustavo Henrique, Tiago Real e Derley; Morales (Gideão) e Maikon Leite
Técnico: Marcelo Martelotte

CORINTHIANS
Danilo Fernandes, Edenílson (Zizao), Felipe, Cleber e Alessandro; Ralf (Ibson), Guilherme e Danilo (Diego Macedo); Rodriguinho, Alexandre Pato e Romarinho.
Técnico: Tite

Esporte