PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos tenta contratar Damião e envolve Arouca para baixar pedida do Inter

Internacional pediu 14 milhões de euros (aproximadamente R$ 44 milhões) por seu centroavante - Vinícius Costa/ Preview.com
Internacional pediu 14 milhões de euros (aproximadamente R$ 44 milhões) por seu centroavante Imagem: Vinícius Costa/ Preview.com

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

02/12/2013 18h30

O Comitê Gestor do Santos continua forte no mercado atrás de reforços para a temporada 2014. A estratégia do grupo é trazer, no mínimo, três atletas renomados no mercado do futebol. Além de Vargas e Diego, os dirigentes santistas miram a contratação do atacante Leandro Damião, do Internacional.

O UOL Esporte apurou que os dirigentes de Santos e Inter se reuniram na semana passada, além de alguns empresários e investidores envolvidos no negócio. O clube gaúcho pediu 14 milhões de euros (aproximadamente R$ 44 milhões) para negociar seu centroavante. Por conta disso, a cúpula santista envolve o volante Arouca na negociação para abater metade do valor.

Arouca foi avaliado em 7 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) pelas duas partes. O restante será pago por um grupo de investidores não revelado na Vila Belmiro.

O Santos também não descarta a possibilidade de contratar Damião sem ceder seu camisa 5. Nesse caso, a diretoria santista sonha em pagar 10 milhões de euros à vista (R$ 31 milhões). Montante que também seria depositado pelos investidores. Apesar das conversas avançadas, a negociação emperrou nos últimos dias.

Além de Damião, o Santos ainda tenta a contratação do chileno Vargas, que pertence ao Napoli, da Itália, e está emprestado ao Grêmio. A diretoria santista já acertou a base salarial do atleta, mas a transação ainda não foi concretizada devido à mudança de planos do clube italiano.

Vargas já aceitou receber no Santos o mesmo salário que ganha no Grêmio – cerca de US$ 120 mil (aproximadamente R$ 270 mil). A cúpula alvinegra já avisou o atacante que aceita pagar o valor.

O Comitê Gestor do Santos também já está com o plano de compra montado para trazer o chileno, mas o Napoli recuou em relação à venda definitiva e só aceita emprestar Vargas até a Copa do Mundo do Brasil em 2014. Se não bastasse, os italianos querem fixar em 11 milhões de euros (aproximadamente R$ 34 milhões) o preço de compra após o empréstimo.

O Napoli mudou de ideia após o bom desempenho de Vargas que, inclusive, marcou um gol, na derrota do Chile para a seleção brasileira por 2 a 1, no último dia 20, em Toronto, no Canadá, em partida amistosa.

Os italianos imaginam que o chileno ficará mais valorizado após a Copa do Mundo e, por isso, esperam receber uma proposta melhor de clubes europeus.

Mesmo sendo negociações complicadas, Vargas e Leandro Damião são considerados o “plano A” da diretoria santista para reforçar o ataque para a temporada 2014.

Esporte