PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Confusões e torcedores presos marcam empate entre Flu e Atlético-MG

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

30/11/2013 22h49

O clima esquentou após o empate entre Fluminense e Atlético-MG por 2 a 2, neste sábado, no Maracanã. O resultado aumentou o risco de rebaixamento do Tricolor e a revolta da torcida contra o time. Alguns torcedores tentaram invadir o vestiário da equipe após o apito final e foram detidos pela Polícia Militar.

Já na parte externa do estádio, tricolores e atleticanos entraram em confronto próximos da rampa da UERJ. A PM teve dificuldades para controlar os mais exaltados e alguns portões chegaram a ser acorrentados por funcionários da concessionária que administra o Maracanã.

O episódio do vestiário aconteceu quando pelo menos quatro torcedores se aproximaram do hall que serve de entrada para a imprensa e tentaram invadir o local para se dirigir ao setor dos jogadores do Fluminense. Eles foram contidos por seguranças e detidos pela Polícia Militar.

As confusões na parte externa aconteceram antes e após a partida. Reforçados por membros de uma organizada do Vasco, os torcedores do Atlético-MG entraram em confronto com os tricolores. Alguns foram conduzidos ao Juizado Especial do Torcedor, enquanto oito foram presos pela PM.

Mesmo depois de tanto tumulto, alguns tricolores esperaram a saída dos jogadores para protestar contra o resultado e a situação delicada para escapar do rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Esporte