PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Criciúma bate Atlético-PR e 'dá' título ao Cruzeiro; Baier marca 100º gol

Do UOL, em São Paulo

13/11/2013 22h57

Enquanto ainda jogava contra o Vitória, o Cruzeiro já comemorava o título do Campeonato Brasileiro. Isso porque o vice-líder Atlético-PR caiu diante do Criciúma por 2 a 1, no Heriberto Hülse, e não pode mais alcançar a equipe mineira na classificação. Aliás, o gol atleticano foi o 100º do experiente Paulo Baier na era dos pontos corridos e ocorreu diante de uma equipe onde também é ídolo. Já o time catarinense conseguiu sair da zona de rebaixamento.

Com apenas mais quatro partidas para disputar, o Atlético-PR permanece na segunda colocação, com 58 pontos. Antes de entrar em campo, o Cruzeiro já contabilizava 71 --venceu o Vitória e subiu para 74. O Criciúma, por outro lado, contabiliza 39 pontos. Na rodada, o Fluminense, por exemplo, poderá até igualar sua pontuação, mas continuará atrás dos catarinenses por causa do critério de vitórias.

Assim como as demais partidas, o protesto do movimento Bom Senso F.C. esteve presente no Heriberto Hülse. Durante a execução do hino nacional, o elenco do Criciúma segurou uma faixa com os dizeres “Por um futebol melhor para todos”. Depois, jogadores dos dois clubes cruzaram os braços por alguns instantes logo após o apito inicial.

Com a bola rolando, o time paranaense até começou melhor. Adotou uma postura ofensiva. No entanto, o Criciúma acabou sendo eficiente em sua primeira oportunidade. Logo aos 6min, Fábio Ferreira colocou os donos da casa em vantagem no marcador.

O time paranaense demorou um pouco a digerir o tento do adversário. Mas se manteve ofensivo. Luiz Alberto chegou a acertar uma bola na trave. No entanto, uma reação foi prejudicada aos 26min, quando João Vitor foi derrubado por Deivid dentro da área. Pênalti. Wellington Paulista cobrou e ampliou o marcador. “A gente entrou muito devagar. Agora precisa se arriscar mais”, definiu o atleticano Paulo Baier.

Diante disso, esperava-se uma mudança de postura da equipe paranaense. Foi justamente o que aconteceu. Aos 15min, Paulo Baier acertou um belo chute e anotou seu 100º gol da era dos pontos corridos. No entanto, ele não comemorou, uma vez que ainda é ídolo. Os catarinenses sentiram. Os visitantes até insistiram, mas não conseguiram evitar a derrota.

CRICIÚMA 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Data:13/11/2013 (quarta-feira)
Local: Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Auxiliares: Thiago Gomes Brigido (CE) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CE)
Cartões amarelos: Dellatorre, Deivid, Paulo Baier e Zezinho (Atlético-PR); Matheus Ferraz e Galatto (Criciúma)
Gols: Fábio Ferreira, aos 6min, e Wellington Paulista, aos 28min do primeiro tempo; Paulo Baier, aos 15min do segundo tempo

Criciúma
Galatto; Sueliton, Matheus Ferraz, Fábio Ferreira e Marlon; Henik, Serginho, João Vitor (Bruno Renan) e Ricardinho; Lins (Cassiano) e Wellington Paulista (Marcel)
Técnico: Argel Fucks

Atlético-PR
Weverton; Jonas, Dráusio, Luiz Alberto e Juninho (Felipe); Deivid, João Paulo (Ciro), Paulo Baier e Zezinho; Dellatorre (Mérida) e Roger
Técnico: Vagner Mancini

Esporte