Topo

Esporte


Vasco perde espaço na TV, vê prioridade ao Fla e culpa fase por 'lanterna'

Flamengo e Vasco se enfrentam no primeiro turno; Cruzmaltino está insatisfeito com preferência ao rival - Pedro Ladeira/Folhapress
Flamengo e Vasco se enfrentam no primeiro turno; Cruzmaltino está insatisfeito com preferência ao rival Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

03/10/2013 06h10

A luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro causou uma queda considerável da exposição do Vasco na TV aberta. O clube é “lanterna” nas transmissões para o Rio de Janeiro e tem apenas quatro jogos exibidos até a 25ª rodada do torneio. A diretoria admite que a fase atual dificulta pleitear mudanças, mas programa reuniões para questionar a preferência da TV Globo - detentora dos direitos - ao Flamengo, que vive situação semelhante no torneio.

O Cruzmaltino e o Fluminense estão empatados até o encerramento da 25ª rodada com quatro jogos transmitidos. O clube de São Januário só igualou o rival ao ter o empate com o Bahia por 0 a 0 exibido no último final de semana. No entanto, o Tricolor abrirá vantagem novamente no próximo domingo, quando terá o confronto contra o Internacional transmitido pela TV aberta.

A administração Roberto Dinamite reconhece que o péssimo momento do time interfere nas negociações para que mais jogos sejam exibidos. Porém, discorda da preferência da emissora detentora dos direitos pelo Flamengo.

O clube da Gávea tem 11 partidas transmitidas em TV aberta até a 25ª rodada. O segundo colocado do ranking no Rio de Janeiro é o Botafogo, com cinco confrontos exibidos. Os dirigentes alegam que o Rubro-Negro também luta contra o rebaixamento e veem o Cruzmaltino prejudicado pelo critério das transmissões.

“A questão envolve a fase do time. É o meu sentimento. É lógico que o momento é delicado e temos dificuldades para ganhar até quando atuamos bem. Fica complicado ter apelo se você não pontua. A televisão é soberana na escolha, mas essa questão será debatida pelo Vasco na próxima semana”, afirmou o vice-presidente geral e de comunicação vascaíno, Antônio Peralta.

“Precisa existir uma mudança o mais rápido possível. O Flamengo está na mesma situação do Vasco e tem mais do que o dobro de jogos transmitidos. Qual o critério? Desejamos entender esses motivos”, completou o dirigente.

Curiosamente, o Cruzmaltino teve um ano extremamente positivo no que envolve a exposição na TV aberta em 2011. Na ocasião, o clube conquistou a Copa do Brasil após oito temporadas de jejum e teve 15 partidas transmitidas no Campeonato Brasileiro, quando brigou contra o Corinthians pelo título até a última rodada. Na mesma competição, o Rubro-Negro apareceu na telinha em 14 ocasiões. Fluminense e Botafogo ficaram mais abaixo com seis e cinco exibições, respectivamente.

Esporte