PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Grêmio cria trabalho específico para ensinar Leandro a trocar drible por finalização

Leandro recebe orientações de Vanderlei Luxemburgo em treino do Grêmio  - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Leandro recebe orientações de Vanderlei Luxemburgo em treino do Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

18/08/2012 10h03

Leandro teve surgimento meteórico em 2011, caiu, e agora volta a ser considerado aposta de valor no Grêmio. O jovem recebe elogios repetidos de Vanderlei Luxemburgo. No entanto o treinador deixa claro que ainda há muito a crescer. Por isso um trabalho específico com os auxiliares técnicos foi posto em prática e visa ensinar o jogador a abdicar do drible e finalizar.

Leandro prefere um toque a mais na bola do que simplesmente o chute. Tal situação ficou ainda mais clara no jogo-treino de sexta-feira, contra o Novo Hamburgo. O atacante, por duas vezes, ficou cara a cara com o goleiro adversário e, em vez de chutar, preferiu tentar o drible. Perdeu ambas jogadas.

Luxemburgo, aos gritos, tentou corrigir ainda durante o jogo. Logo após, em entrevista coletiva, o comandante revelou que seus auxiliares iniciaram um trabalho específico com o jogador. A atividade consiste em repetidos arremates em gol após os treinos normais. O avante é orientado por Roger e Émerson.

"Ele é muito veloz, fica muito na frente do zagueiro. Mas se ficar dois metros para o lado, chegará sempre na cara do gol. Às vezes ele prefere o drible a finalizar. Temos ensinado isso para ele. O posicionamento tem que melhorar. Ele, por vezes, aceita muito a marcação do adversário. Tem que sair para o lado. Qualquer chutão da defesa vira um lançamento porque é muito rápido.  O que não pode ocorrer é como hoje, que ficou na cara do goleiro e abdicou de finalizar", revelou o técnico.

Após período de ostracismo, Leandro voltou a ser importante para o Grêmio na vitória contra o Sport, no Olímpico. No jogo, ele findou jejum de 350 dias e marcou dois gols fundamentais em um jogo difícil.

Pouco depois, porém, ele acabou lesionado e teve sequência interrompida. Recuperado, o atacante entrou contra Portuguesa e será titular diante do Figueirense, neste domingo, às 16h, no Olímpico, pela 18ª rodada do Brasileirão.

"Quando coloquei o Leandro no jogo passado, sabia que conseguiria abrir espaços. O futebol precisa disso, de drible, de jogada individual. Ou fica um negócio muito chato", finalizou Luxa.

O Grêmio realiza último treinamento neste sábado. Kleber e Pará estão fora do próximo jogo. Vanderlei Luxemburgo fez questão de manter mistério na equipe titular. Bertoglio está de volta, mas não ficará no banco de reservas por opção técnica.

Esporte