PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Ex-zagueiros, Abel Braga alfineta Joel Santana: 'Eu jogava muito melhor do que ele'

Reencontro entre Abel Braga (e) e Joel Santana será no jogo entre Fluminense e Bahia, no domingo - Arte UOL
Reencontro entre Abel Braga (e) e Joel Santana será no jogo entre Fluminense e Bahia, no domingo Imagem: Arte UOL

Luana Trindade

No Rio de Janeiro

17/09/2011 07h08

A rivalidade entre Abel Braga, do Fluminense, e Joel Santana, do Bahia, vem bem antes da carreira de treinador. Os dois começaram a atuar no futebol como zagueiros, na década de 70. A diferença é que a carreira de Joel foi mais curta do que a de Abel, que passou por três dos grandes clubes cariocas e atuou em terreno internacional, pelo Paris Saint Germain, e pela seleção brasileira. O comandante do Flu aproveitou a comparação entre os dois e o duelo deste domingo entre os tricolores para alfinetar o amigo:

"Esqueceram de falar que fui muito melhor zagueiro que ele (risos). Tem jogador que não posso dizer isso, tipo o Mozer (ex-Fla), mas o Joel eu posso. É um dos grandes amigos que tenho no futebol. Sempre nos encontramos quando estamos de férias. Esse ano não deu porque ele estava trabalhando e, quando cheguei, já fui para o treino no dia seguinte. Temos um jantar sagrado que é um dos dias mais alegres para mim. Vamos ao restaurante às 19h e saímos 2h da manhã", contou o comandante tricolor.

CONFIRA AS GATAS DO BRASILEIRÃO

O UOL Esporte convocou 20 musas pelo país para representar cada um dos times da Série A na primeira edição do concurso Gatas do Brasileirão.

O "papai Joel", como é conhecido o treinador do Bahia no Rio, começou a jogar somente aos 23 anos. Ele foi zagueiro de 1971 a 1980 e passou por poucos clubes: Vasco, Olaria e América-RN. Já Abel, três anos mais novo do que o rival deste domingo, começou no mesmo ano, mas foi até 1985 atuando por Fluminense, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Figueirense, Paris Saint Germain e Goytacaz.

Mas, como treinador, Joel pode tirar vantagem: é o único campeão estadual com os quatro grandes clubes cariocas (Vasco, Fluminense, Flamengo e Botafogo) e com os dois baianos (Bahia e Vitória). E Abel reconhece. 

"Ele sempre tem o grupo na mão. Joel Santana é um dos melhores do país no quesito tático. Será uma partida difícil e os jogadores estão conscientes disso", afirmou.

 

O reencontro entre os técnicos e ex-zagueiros será domingo, às 16h, em Pituaçu. Os clubes vivem momentos opostos no Campeonato Brasileiro. Enquanto o Bahia luta para sair da zona de rebaixamento, o Fluminense, a seis pontos do líder Corinthians,  vai em busca da quinta vitória consecutiva. 

Fluminense