UOL Esporte Brasileirão - Série A
 
CÉLIO MESSIAS/AE/AE

Diego Souza comemora de forma tímida após marcar contra o ex-clube

21/11/2010 - 18h54

Atlético-MG vinga derrota na Sul-Americana, bate "Palmeiras B" e respira

Do UOL Esporte*
Em São Paulo

O Atlético-MG entrou em campo com o time reserva nas quartas de final da Copa Sul-Americana e acabou eliminado pelo Palmeiras. Neste domingo, deu o troco. Justamente contra um time alviverde repleto de suplentes, venceu por 2 a 0 em Araraquara e pôde finalmente respirar no Campeonato Brasileiro.

Após reviver a tensão de ser ameaçado pelo descenso, o Atlético-MG chega às duas rodadas finais com mais tranqüilidade, apesar de ainda correr riscos. Com 42 pontos, ocupa a 14ª colocação e tem dois a mais que o Vitória, primeiro integrante da zona do rebaixamento.

O resultado comprova a reação do time sob o comando de Dorival Júnior após amargar 21 rodadas seguidas na zona do descenso. A equipe atinge uma invencibilidade de quatro jogos no Brasileiro e um aproveitamento de 58,33% com o substituto de Vanderlei Luxemburgo. "Todo jogo para gente está sendo como uma final, esse jogo foi uma. Contra o Goiás vai ser outra. E se a gente ganhar a gente sai dessa situação incômoda", comemorou Neto Berola ao fim da partida.

Já o Palmeiras ocupa a zona intermediária da tabela com 50 pontos e caminha para a reta final sem muitas pretensões, já que está focado na Sul-Americana. Após vencer o Goiás por 1 a 0 no jogo de ida das semifinais, precisa apenas do empate para chegar à decisão do torneio continental.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
4 min -Fabrício cobra falta no bico da área e a bola explode na trave direita de Renan Ribeiro
18 min - Bola levantada na área do Palmeiras, Obina cabeceia no canto direito de Bruno porém a bola passa tirando tinta da trave
23 min -Fabrício manda uma bomba de fora da área e Renan Ribeiro com a ponta dos dedos impede o primeiro gol do Palmeiras
30 min - GOOOOOLLLLL DO ATLÉTICO-MG!!!! Diego Souza cobra falta com perfeição no canto esquerdo de Bruno. O Atlético pula na frente do marcador em Araraquara
33 min - EXPULSO! Gualberto faz falta em Neto Berola e leva o segundo amarelo
39 min - Boa troca de passes entre Diego Souza e Neto Berola que entra na área e chuta forte. Bruno, no reflexo, espalma afastando o perigo
SEGUNDO TEMPO
7 min - Vitor, na meia direita, descola cruzamento na área e Dinei cabeceia com perigo por cima da meta de Renan Ribeiro
10 min - Obina, na entrada da área, chuta colocado no canto esquerdo. Bruno pula e espalma impedindo o segundo gol do Atlético
17 min - Bate e rebate na área do Palmeiras, a bola sobra para Neto Berola encher o pé no canto direito. Bruno espalma afastando o perigo
27 min - Vinicius entra na área e chuta cruzado no canto direito. Renan Ribeiro cai e espalma impedindo o gol do empate do Palmeiras
33 min - GOOOOOLLLLL DO ATLÉTICO-MG!!!! Obina, na grande área, chuta no canto esquerdo e Bruno espalma. No rebote, Neto Berola enche o pé, a bola bate na trave antes de entrar

Diante da prioridade, o técnico Luiz Felipe Scolari não escalou sequer um jogador considerado titular e deu espaço para atletas que não vêm atuando ou jovens promessas como Gualberto e Fernando. Ainda assim, a equipe dominou o início do jogo impondo um forte ritmo com muita velocidade.

O Atlético-MG tinha dificuldades de acompanhar o adversário e quase levou um gol nos minutos iniciais quando Fabrício acertou uma bola na trave. Apesar de precisar do resultado, o time alvinegro se mostrou sonolento, apático e via o rival chegar com mais perigo exigindo do goleiro Renan Ribeiro.

Com o passar do tempo, o Palmeiras caiu de ritmo e o jogo ficou ainda mais morno. O Atlético tentava cadenciar as jogadas, mas sem sucesso no ataque.

Dessa forma, precisou de um lance isolado de Diego Souza, que cobrou falta com precisão para abrir o placar aos 30 minutos. Em respeito ao ex-clube, não quis comemorar. “Independente da minha saída, tenho um carinho grande pelas pessoas que trabalham. Tudo foi muito bom”, disse, no intervalo.

À frente no placar, o time mineiro assumiu o controle do jogo, principalmente por ficar com um mais em campo com a expulsão de Gualberto, mas não conseguiu concretizar a superioridade em gols. A equipe foi para o intervalo com o 1 a 0 e o desabafo de Diego Tardelli, que saiu lesionado para a entrada de Neto Berola. “Fiz o drible, passei, achei que o Fabrício foi na maldade. Não adianta bater, me tirar do jogo e depois pedir desculpa."

No segundo tempo, o jogo caiu de qualidade e seguiu a tônica da etapa inicial com o domínio do Atlético-MG. O Palmeiras pouco ameaçou o gol de Renan Ribeiro, enquanto o adversário detinha a posse de bola administrando o resultado, mesmo que pecasse na criatividade.

Aos 33 minutos, os visitantes chegaram ao segundo gol em uma jogada que começou com Obina e terminou com Neto Berola. O Palmeiras já estava recuado demais e, sem esboçar reação após o tento, pouco pôde fazer deixando as equipes à espera do apito final.

O Palmeiras agora volta suas atenções para a Sul-Americana. Na quarta-feira, faz o segundo jogo da semifinal diante do Goiás. Coincidentemente, o próximo adversário do Atlético-MG também é o time esmeraldino pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, domingo, na Arena do Jacaré.

*Atualizado às 21h27

Ficha da Partida

Palmeiras Palmeiras Técnico: Luiz Felipe Scolari
1. Bruno
36. Leandro Amaro
4. Fabrício
33. Gualberto
14. Vítor
13. Fernando
26. Jean
5. Pierre
40. Patrik
11. Rivaldo
32. Luis Felipe
29. Dinei
88. Éwerthon
25. Vinicius
0 2
Atlético-MG Atlético-MG Técnico: Dorival Júnior
30. Renan Ribeiro
27. Rafael Cruz
22. Werley
14. Lima
6. Leandro
15. Zé Luís
8. Serginho
16. Renan Oliveira
11. Diego Souza
21. Ricardinho
9. Diego Tardelli
17. Neto Berola
27. Obina
10. Daniel Carvalho

Data: 21/11/2010 - 17h00

Local: Arena da Fonte

Árbitro: Marcio Chagas da Silva

Auxiliares: Roberto Braatz e José Chaves Franco

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host