PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Ex-jogador da NFL é apontado como atirador que matou cinco pessoas nos EUA

Phillip Adams em ação pelo New England Patriots  - Jim McIsaac/Getty Images
Phillip Adams em ação pelo New England Patriots Imagem: Jim McIsaac/Getty Images

Colaboração para o UOL

08/04/2021 11h36

Um ex-jogador da NFL foi apontado como responsável pela morte de cinco pessoas em Rock Hill, na Carolina do Sul. A informação, divulgada pela Associated Press, foi obtida através de uma fonte envolvida na investigação do caso.

Phillip Adams, que foi defensor em seis temporadas na NFL e defendeu times como San Francisco 49ers, Oakland Raiders e New England Patriots, teria se matado no começo da madrugada desta quinta-feira, segundo informou a fonte.

O delegado do condado de York disse que a polícia local foi chamada às 16h45 para atender uma ocorrência na casa de Robert Lesslie, um proeminente médico de 70 anos, que teria sido assassinado com sua esposa, Barbara Lesslie, de 69, e seus netos, Adah Lesslie, de 9 anos, e Noah Lesslie, de apenas 5.

Um outro homem que trabalhava na casa, James Lewis, também foi encontrado morto na residência, tendo ainda uma sexta vítima do caso que está internada com graves ferimentos.

Ainda de acordo com informações passadas pela fonte, os pais de Adams morariam perto da casa do médico, que tratava o ex-jogador.

A polícia disse que encontraram o suspeito pelos assassinatos e que a investigação está em andamento.

Futebol Americano