PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Brady pode embolsar R$ 18 milhões se conquistar mais um Super Bowl

Astro Tom Brady disputa playoffs pela primeira vez com o Tampa Bay Buccaneers - Mike Ehrmann/Getty Images
Astro Tom Brady disputa playoffs pela primeira vez com o Tampa Bay Buccaneers Imagem: Mike Ehrmann/Getty Images

Lucas Tieppo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/01/2021 04h00

Resumo da notícia

  • Tom Brady está em busca do 7º título da NFL, agora no Tampa Bay Buccaneers
  • Quarterback recebe US$ 25 milhões por temporada, o 16º maior salário da posição
  • Camisa 12 pode ganhar R$ 18 milhões em metas se vencer o Super Bowl

Depois de 20 temporadas, Tom Brady deixou o New England Patriots e assinou contrato com o Tampa Bay Buccaneers em busca do desafio esportivo de ganhar mais um Super Bowl por uma franquia que há anos não briga pelo título, além do desafio pessoal de se provar longe da "zona de conforto", em uma nova equipe, com culturas e companheiros diferentes. Apesar de alguns altos e baixos, o veterano está novamente na briga por um lugar na decisão da NFL e, de quebra, pode aumentar ainda mais o saldo da conta bancária.

Ao assinar com os Bucs em março do ano passado, Brady aceitou receber US$ 50 milhões de salário por duas temporadas. A média de US$ 25 milhões por ano pode parecer um ótimo salário, mas é apenas o 16º maior rendimento entre os jogadores da posição. E nenhum dos rivais que ganham mais é tão vencedor quanto Brady, dono de seis títulos da liga.

Ao aceitar um salário mais modesto, o camisa 12 ajudou a franquia ao liberar espaço no teto salarial para buscar reforços no mercado e valorizar quem já estava no elenco, tornando-o mais forte e preparado. Em contrapartida, Brady apostou no próprio talento e negociou alguns incentivos que podem aumentar - e muito - a grana recebida na atual temporada.

As metas de Brady são individuais e ele precisa ser um dos 5 melhores da liga em número de touchdowns passados, jardas aéreas, porcentagem de passes completos, jardas por tentativa e média de passes. Cada conquista vale US$ 562,5 mil (R$ 2,9 milhões). Já as metas coletivas são chegar aos playoffs e avançar cada fase até vencer o Super Bowl.

Se conquistar o sétimo título da NFL, Brady vai ganhar US$ 3,4 milhões (quase R$ 18 milhões) em incentivos, somando metas pessoais e coletivas. Até o momento, ele já embolsou US$ 1,9 milhão (cerca de R$ 10 milhões).

Brady levou US$ 1,6 milhão (mais de R$ 8,4 milhões) ao classificar os Buccaneers aos playoffs (depois de 13 temporadas), ficar em segundo lugar no ranking de quarterbacks com mais touchdowns na temporada regular (40) e ser o terceiro em jardas aéreas (4.633 jardas).

A vitória sobre o Washington na primeira rodada dos playoffs já garantiu mais 250 mil dólares (cerca de R$ 1,3 milhão).

Agora, os objetivos do camisa 12 são ainda maiores - e mais valiosos, claro. O duelo contra o New Orleans Saints no domingo (17) vale uma vaga na final da Conferência Nacional e US$ 500 mil (R$ 2,6 milhões) no bolso do astro. Vencer a final de conferência e garantir a vaga no Super Bowl, mais US$ 500 mil. Conquistar mais um título da NFL significa um bônus extra de US$ 500 mil.

No total, somente pelos objetivos coletivos, Brady poderá receber US$ 2,25 milhões (mais de R$ 11,8 milhões) caso conquiste o título da temporada. Somando 1,15 milhão (R$ 6 milhões) das metas pessoais, o montante final chega aos US$ 3,4 milhões (R$ 17,8 milhões).

Brady disputou nove decisões do Super Bowl pelo New England Patriots e venceu seis delas. Já os Buccaneers não chegam à decisão da NFL desde a temporada 2002, quando sagraram-se campeões. A final desta temporada será disputada na casa dos Bucs, que podem se tornar a primeira franquia a vencer a final jogando em seus domínios.

Futebol Americano