PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Tom Brady compra iate após receber auxílio do governo e é criticado

Tom Brady é alvo de críticas por gastar com barco após receber empréstimo emergencial do governo americano - Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Tom Brady é alvo de críticas por gastar com barco após receber empréstimo emergencial do governo americano Imagem: Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Do UOL, em São Paulo

17/12/2020 10h18Atualizada em 17/12/2020 10h33

O jogador da NFL Tom Brady, do Tampa Bay Buccaneers, virou alvo de críticas por comprar um iate no valor de R$ 10 milhões após receber cerca de R$ 4,9 milhões do governo americano.

O valor foi liberado para a empresa de Brady, TB12, em caráter emergencial por causa da pandemia do novo coronavírus, segundo a emissora CNBC. O empréstimo foi feito no dia 15 de março deste ano, já a compra do iate foi divulgada na semana passada pelo site TMZ.

O barco de 12 metros de comprimento foi batizado de "Viva a Vida" em homenagem à iniciativa ambiental da mulher Gisele Bundchen. Ele chegou a São Petersburgo, na Flórida, hoje pela manhã.

As críticas ao jogador se deram pelo fato de que, segundo internautas, pequenos empresários americanos enfrentam dificuldades para ter acesso ao mesmo tipo de empréstimo.

"A empresa de Tom Brady pegou quase 1 milhão de dólares em empréstimos PPP (Programa de Proteção ao Pagamento, em inglês), enquanto 52% das pequenas empresas que se inscreveram não conseguiram. Tom Brady vale 200 milhões de dólares", escreveu um analista financeiro.

"Tom está feliz que o empréstimo PPP vai ajudar com o dinheiro da gasolina para seu NOVO barco!!", escreveu outro internauta.

"Tom Brady, você pegou um empréstimo e comprou um barco????? Gente, as crianças estão com fome! Famílias estão perdendo suas casas! Como você se olha no espelho? Como você dorme a noite?", questionou outra usuária do Twitter.

Sem apresentar provas, este outro homem acusou Brady de corrupção.

"Corrupção de PPP nos níveis mais altos. Tom Brady, avaliado em mais de 200 milhões de dólares, recebeu quase um milhão de dólares em empréstimos do Programa de Proteção ao Pagamento, criado para ajudar as pequenas empresas a sobreviver à pandemia".

"Eu me pergunto se os multimilionários como Tom Brady que tomaram empréstimos que não precisavam (e depois compraram barcos) se sentem como um esgoto humano quando veem todos os americanos nas filas de alimentos e ouvem histórias de trabalhadores pobres perdendo suas casas. Eu me pergunto", publicou a atriz Yvette Nicole Brown.

Futebol Americano