PUBLICIDADE
Topo

Futebol Americano

Mansão invadida de Brady e Gisele tem 7 banheiros e garagem para 20 carros

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/12/2020 11h36

Tom Brady e Gisele Bündchen formam um dos casais mais famosos do mundo, e era de se esperar que o esquema de segurança em torno deles fosse o mais confiável possível. Mas um infrator provou nessa segunda-feira (7) que todo sistema apresenta falhas ao invadir a antiga residência da família em Brookline, cidade nos arredores de Boston.

O morador de rua Zanini Cineus, de 34 anos, é suspeito de ter invadido a mansão por volta das 5h55 da manhã de segunda-feira e foi detido pela polícia deitado em dos sofás da residência. A casa estava vazia, já que a família mora desde abril em Tampa, cidade onde o quarterback atua pelo Tampa Bay Buccaneers.

Apesar de todo o aparato de segurança composto por dezenas de câmeras e alarmes, Cineus conseguiu circular pelo terreno e entrar na casa, vagando pelos cômodos até ser encontrado pela polícia de Brookline.

Casal dá desconto para vender a mansão

A mansão da família Brady-Bundchen está à venda desde agosto de 2019, quando o veterano de 43 anos ainda defendia o New England Patriots. A decisão de colocar o imóvel no mercado iniciou as suspeitas de que o quarterback deixaria a franquia que defendeu por 20 temporadas, o que aconteceu poucos meses depois.

Inicialmente, o valor pedido pela mansão de alto padrão era 39,5 milhões de dólares (cerca de R$ 201 milhões). Dois meses mais tarde, o valor caiu para 33,9 milhões de dólares (aproximadamente R$ 172 milhões) pela falta de compradores interessados.

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus e a crise econômica instalada nos Estados Unidos, a casa foi tirada da lista de vendas dos corretores. Porém, segundo relatos do Boston Business Journal e do The Boston Globe, o casal escolheu uma das corretoras mais famosas da região, Maggie Gold Seelig, e recolocou a casa no mercado, mas não de forma pública. Por isso, o valor pedido nesta nova tentativa é um mistério.

Seelig revelou que o mercado imobiliário da região está aquecido novamente e que uma lista de possíveis compradores e investidores foi feita para tentar sacramentar a venda.

Finalizada em 2015 em um terreno de mais de 3,6 mil metros quadrados e desde então sob os cuidados da família, a casa de 929 metros quadrados tem cinco quartos, sete banheiros, um estúdio de Yoga, uma academia profissional, sala de vinhos e uma casa anexa para visitas. A mansão também tem uma garagem circular para 20 carros.

Para suprir o estilo de vida saudável do casal, o terreno também tem uma horta e um jardim preparado para cultivar vegetais.

Vida nova na Flórida

Brady e a família moram atualmente em uma mansão alugada próxima ao centro de treinamentos dos Buccaneers. A residência pertence a Derek Jeter, ex-jogador de beisebol e amigo de Brady. Com cerca de 2,8 mil metros quadrados, a casa tem sete suítes, piscina com borda infinita e até o próprio pier. Avaliada em 29 milhões de dólares, a mansão está à venda, mas a família quer investir menos em uma casa na Flórida.

Segundo o site norte-americano TMZ noticiou em outubro, Brady e Gisele estão perto de comprar uma mansão por 7,5 milhões de dólares. A provável futura residência da família é menor, mas tem cinco quartos, academia privativa e sala de cinema, entre outras coisas.

Gisele Bundchen sorri ao lado do marido Tom Brady e dos filhos Benjamin e Vivian - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Gisele Bundchen sorri ao lado do marido Tom Brady e dos filhos Benjamin e Vivian
Imagem: Reprodução/Instagram

O quarterback assinou com os Buccaneers por duas temporadas, no que pode ser o último contrato da carreira dele. Segundo a imprensa dos Estados Unidos, a família deve viver entre Los Angeles e Nova York depois da aposentadoria do jogador.

Ficha corrida e roubo de camisa de Brady

Voltando ao invasor, Zanini Cineus foi preso em outubro do ano passado por ter roubado uma camisa assinada por Brady. O uniforme, avaliado em 10 mil dólares, estava no Hall da fama do New England Patriots. Na ocasião, ele não foi preso, e o caso não foi encerrado, mas ele deve se manter longe do local onde realizou o furto.

Além disso, existem outros quatro processos criminais contra Cineus, e mandados de prisão foram emitidos por não comparecimento ao tribunal.

Futebol Americano