PUBLICIDADE
Topo

Jogadores brancos da NFL defendem protesto durante hino dos EUA

JJ Watt entra em campo com a bandeira do Texas; jogador defendeu protesto durante hino dos EUA - Tim Warner/Getty Images/AFP
JJ Watt entra em campo com a bandeira do Texas; jogador defendeu protesto durante hino dos EUA Imagem: Tim Warner/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

13/06/2020 21h42

JJ Wat e Baker Mayfield, dois jogadores brancos da NFL (liga de futebol americano dos Estados Unidos), defenderam que os atletas da liga protestem se ajoelhando durante a execução do hino nacional dos EUA antes dos jogos.

O gesto ganhou repercussão em 2016, quando Colin Kaepernick, então jogador do San Francisco 49ers, se ajoelhou durante o hino como forma de protesto contra o racismo e a violência policial contra negros no país.

JJ Watt, defensive end do Houston Texans, respondeu a um seguidor no Twitter que publicou, e depois apagou, a frase: "Tenho certeza que você não verá JJWatt se ajoelhando ...".

O jogador dos Texans publicou: "A) não fale por mim B) se você ainda acha que isso [se ajoelhar durante o hino] é sobre desrespeitar a bandeira ou nossas Forças Armadas, claramente não está ouvindo".

Já Baker Mayfield, quarterback do Cleveland Browns, respondeu a um usuário do Instagram que disse: "por favor, diga aos fãs dos Browns que você não vai se ajoelhar nesta temporada". "Eu, absolutamente, vou", escreveu Mayfield, que depois ainda publicou uma mensagem no stories.

"Eu tenho o máximo respeito pelos nossos militares, policiais e pessoas que servem ao nosso país. É sobre igualdade e todos serem tratados iguais, porque somos todos humanos. É sobre ser ignorado por tempo demais, e isso também é culpa minha por não me tornar mais educado e ficar em silêncio. Se eu perder fãs, tudo bem. Eu sempre fui sincero, e isso vem de coração", declarou.

Esporte