Topo

Futebol Americano


"Patinho feio" briga pelo MVP e tenta encerrar hegemonia dos quarterbacks

Christian McCaffrey após vitória do Carolina Panthers sobre o Jacksonville Jaguars - Jacob Kupferman/Getty Images/AFP
Christian McCaffrey após vitória do Carolina Panthers sobre o Jacksonville Jaguars Imagem: Jacob Kupferman/Getty Images/AFP

Lucas Tieppo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Christian McCaffrey é cotado para ser melhor jogador da temporada
  • Jogador do Carolina Panthers está na disputa contra várias estrelas
  • McCaffrey vem liderando o Panthers desde a lesão de Cam Newton
  • O último running back a levar o prêmio foi Adrian Peterson em 2012

A temporada regular da NFL ainda não chegou à metade, mas a corrida pelo prêmio de MVP (Most Valuable Player, ou Jogador Mais Valioso, em tradução livre) está aquecendo. Alguns nomes despontam como grandes favoritos na imprensa norte-americana. Enquanto isso, um azarão tenta encerrar a recente hegemonia de quarterbacks no prêmio: o running back Christian McCaffrey, do Carolina Panthers.

Como tem acontecido nos últimos anos na liga, quem domina as bolsas de aposta são os quarterbacks, líderes do ataque das equipes. Patrick Mahomes, do Kansas City Chiefs - eleito MVP da temporada passada -, e Russell Wilson, do Seattle Seahawks, aparecem nas conversas de analistas nos Estados Unidos desde a primeira rodada da temporada.

Nas últimas rodadas, a dupla ganhou a companhia de mais jogadores da posição. Aaron Rodgers, do Green Bay Packers - vencedor do prêmio em 2011 e 2014 -, Lamar Jackson, do Baltimore Ravens, e Deshaun Watson, do Houston Texans, são as maiores novidades. Tom Brady, do New England Patriots, também é sempre lembrado, apesar de brilhar menos que os rivais.

Porém, um "patinho feio" ganha espaço na corrida pelo prêmio. É o running back Christian McCaffrey, do Carolina Panthers, que tem liderado a franquia desde o início do ano e ganhou ainda mais relevância com a lesão do quarterback Cam Newton.

A última vez que um jogador da posição de McCaffrey levou o título de MVP foi em 2012, quando Adrian Peterson fez grande campanha pelo Minnesota Vikings. Naquele ano, Peterson correu para 2.097 jardas e anotou 12 touchdowns.

Desde então, apenas quarterbacks venceram o prêmio, entre eles Peyton Manning, Aaron Rodgers, Cam Newton, Matt Ryan e Tom Brady. Nos últimos 25 anos, apenas seis running backs conquistaram a honraria.

O jogador dos Panthers tem a seu favor justamente o fato de ter se tornado referência do ataque desde a lesão de Newton. McCaffrey é o terceiro em jardas corridas de toda a NFL, com 618, e já anotou sete touchdowns. Ele também tem 305 jardas recebidas e dois touchdowns após passes.

Na previsão da imprensa norte-americana, ele pode atingir mais de 2.400 jardas totais e anotar 24 touchdowns até o fim da temporada regular. No jogo da semana 5, por exemplo, o running back contabilizou 237 jardas totais e 3 touchdowns, sendo um deles em lance espetacular, e comandou a vitória por 34 a 27 sobre o Jacksonville Jaguars.

"Ele não é humano. É provavelmente um irmão perdido do Thor ou algo do tipo. Não é humano. Eu nunca vi alguém pular por cima de uma pessoa e fazer ela acertar um companheiro de time", disse Brian Burns, colega de Panthers do running back.

Nas bolsas de apostas de Las Vegas, McCaffrey aparece na quarta posição entre os favoritos ao prêmio, atrás de Wilson, Mahomes e Watson, mas à frente de Tom Brady.

Siga o UOL Esporte no

Futebol Americano