Topo

Futebol Americano


Semana 5 da NFL teve jogador desacordado e brasileiro e técnico dispensados

Cairo Santos tenta chute durante derrota do Tennessee Titans para o Buffalo Bills pela temporada regular da NFL - Frederick Breedon/Getty Images/AFP
Cairo Santos tenta chute durante derrota do Tennessee Titans para o Buffalo Bills pela temporada regular da NFL Imagem: Frederick Breedon/Getty Images/AFP

Lucas Tieppo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/10/2019 12h00

A semana 5 da temporada regular da NFL chegou ao fim nessa segunda-feira (6) e trouxe consequências nada positivas para o Brasil na principal liga de futebol americano do mundo. Isso porque o kicker Cairo Santos foi dispensado ontem pelo Tennessee Titans após trágica atuação no domingo.

A rodada ainda teve jogador desacordado em campo, queda de time invicto e primeiro técnico demitido na temporada. Confira a seguir um resumo de tudo o que aconteceu na semana 5 da NFL

Cairo fica desempregado mais uma vez

O kicker brasileiro Cairo Santos está novamente em busca de um time na NFL. Após cinco jogos com o Tennessee Titans, o jogador acabou dispensado no dia seguinte à pior atuação da sua carreira.

No domingo, Cairo errou os quatro chutes que tentou na derrota para o Buffalo Bills, desempenho que só aconteceu outras dez vezes na NFL, e logo na segunda recebeu a notícia da dispensa. O kicker deixa o time com quatro acertos em nove field goals, aproveitamento de 44%.

O brasileiro estava garantido nos Titans pelo menos até a oitava semana, quando o titular Ryan Succop pode retornar de lesão. Agora, ele está livre para assinar com qualquer time da liga. Ele havia sido dispensado do Tampa Bay Buccaneers antes do início da temporada.

Quarterback apaga após pancada assustadora

O quarterback Mason Rudolph, do Pittsburgh Steelers, apagou após receber tackle de Earl Thomas na partida contra o Baltimore Ravens. O jogador dos Steelers foi a nocaute após a pancada, e a situação levou alguns companheiros de time ao choro.

Rudolph foi levado para o hospital com uma concussão, mas acabou liberado no próprio domingo. Nesta segunda, o jogador foi ao centro de treinamentos da franquia e parecia recuperado, mas ainda não se sabe quando ele voltará a campo.

Primeiro técnico demitido

Por mais que a temporada NFL seja tiro curto e alguns resultados ruins logo de cara possam afetar o ano inteiro, as franquias não costumam demitir o treinador nas primeiras semanas. Mas exceções acontecem, e a vítima da vez foi Jay Gruden, dispensado pelo Washington Redskins após a quinta derrota em cinco jogos.

O treinador estava na sua sexta temporada com o time da capital norte-americana e somou 35 vitórias, 49 derrotas e um empate nos 85 jogos em que esteve à frente da franquia.

A queda de mais um invicto

O Kansas City Chiefs perdeu a sua invencibilidade ao ser derrotado para o Indianapolis Colts no domingo por 19 a 13. Os Chiefs são apontados como os principais adversários do New England Patriots na Conferência Americana da NFL, mas agora estão com quatro vitórias e uma derrota, contra cinco triundos de um ainda invicto Patriots.

Brady em busca de mais um recorde

Tom Brady parece mesmo ser imortal. Em busca do sétimo título da NFL, o quarterback do New England Patriots segue também na luta para quebrar marcas individuais.

Brady se tornou o terceiro jogador com mais jardas aéreas na história da NFL. Ele superou Brett Favre nesta rodada e deve se tornar o segundo colocado já nesta quinta-feira, quando enfrenta o New York Giants.

O camisa 12 dos Patriots tem 71.923 jardas aéreas na carreira, apenas 17 a menos que o segundo colocado, Peyton Manning (71.940), já aposentado. Drew Brees, que ainda joga pelo New Orleans Saints, mas está atualmente machucado, tem 74.845 jardas.

Siga o UOL Esporte no

Futebol Americano