Topo

Futebol Americano


Time da NFL autoriza jogador a vestir número de OJ Simpson após 42 anos

OJ Simpson participa da audiência para a liberdade condicional - Jason Bean/The Reno Gazette-Journal via AP
OJ Simpson participa da audiência para a liberdade condicional Imagem: Jason Bean/The Reno Gazette-Journal via AP

21/05/2019 19h58

O Buffalo Bills autorizou o running back Senorise Perry a vestir o número 32 da franquia, que não é utilizado desde que OJ Simpson deixou a equipe em 1977.

Perry, que será reforço dos Bills na próxima temporada da NFL, explicou como foi a escolha do número. "Eu pensei que estava aposentado, mas depois me disseram que estava disponível. Boom, eu peguei", afirmou ao site The Athletic.

OJ defendeu a franquia de 1969 a 1977 e correu para mais de 10 mil jardas e 57 touchdowns. Depois, ele jogou pelo San Francisco 49ers até se despedir dos gramados dois anos depois.

A camisa 32 dos Bills nunca foi aposentada. OJ foi acusado de assassinar sua ex-mulher, Nicole Brown, e Ronald Goldman, em 1994. Ele acabou absolvido no julgamento do caso.

Já em 2007, foi preso em Las Vegas e considerado culpado de assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha. O ex-jogador deixou a prisão em 2017.

Mais Futebol Americano