ÁLBUM

Veja fotos
de diversas
competições




   16h39 - 28/09/2003

Michael Schumacher vence nos EUA e fica a um ponto do hexacampeonato

Da Redação
Em São Paulo

Deu tudo certo. Em um domingo dos sonhos para a Ferrari e sua legião de torcedores, o alemão Michael Schumacher conseguiu o que parecia impossível. Venceu o GP dos EUA e ficou a apenas um ponto do hexacampeonato mundial da Fórmula 1.

Schumacher poderia ter alcançado o feito histórico antecipadamente em um dos templos do automobilismo mundial, o circuito de Indianápolis. Em corrida tumultuada pelo tempo instável, com chuva indo e vindo, o alemão superou tudo e todos e viu um de seus concorrentes fracassar: o colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams, que terminou em sexto.

Mas o finlandês Kimi Raikkonen, da McLaren, acabou em segundo lugar e ainda alimenta esperanças matemáticas de título.

Dentro de duas semanas, em Suzuka, será disputado o GP do Japão, último da temporada. Schumacher só perde o hexacampeonato se não pontuar e Raikkonen vencer a prova.

A corrida
A largada, com pista seca, já foi extremamente favorável ao alemão. Por fora, ele pulou bem e foi sétimo para quarto lugar, sendo beneficiado por mais uma má largada do seu companheiro de equipe, Rubens Barrichello.

O brasileiro, segundo no grid, patinou e complicou a vida de Montoya, que era o quarto. O pole Raikkonen seguiu em primeiro, seguido pelo francês Olivier Panis (Toyota), o alemão Ralf Schumacher (Williams) e Michael em quarto.

Na terceira volta, o momento mais polêmico da corrida. Montoya forçou ultrapassagem sobre Barrichello para ganhar a sexta posição e tocou no brasileiro, jogando a Ferrari para a brita.

Simultaneamente, começava a chover em Indianápolis. Quem perdeu rendimento foi Schumacher, que em duas voltas caiu três posições e foi parar em sexto lugar. O único dos líderes que arriscou e colocou pneus de chuva foi Panis, mas o francês se deu mal com a melhora do tempo e teve de desfazer a troca.

Na 16ª volta, Ralf Schumacher foi para os boxes e abriu a rodada de pit stops. Foi na parada que começou o inferno astral de Montoya: a Williams teve problemas para reabastecer o carro do colombiano, que perdeu muito tempo.

Michael Schumacher foi o último a entrar nos boxes e, no que parecia ser um enorme golpe de azar do alemão, a chuva voltou com tudo logo no minuto seguinte.

Esperto, porém, Schumacher transformou o golpe de azar no grande lance de sua vitória. Na volta seguinte ele voltou aos boxes, e a Ferrari colocou pneus de chuva no seu carro. Os outros demoraram mais voltas para tomar a decisão e se deram mal.

Mas ninguém se deu pior do que Montoya. Quando começou a chuva, os comissários anunciaram uma punição ao colombiano pelo acidente com Barrichello. Montoya passou pelos boxes para cumprir a penalidade e teve de dar mais uma volta na chuva com pneus lisos, o que o fez perder muito tempo.

Montoya foi, então, o último a parar para colocar os pneus intermediários, voltando à pista uma volta atrás dos líderes. Neste meio tempo, Ralf Schumacher rodou e saiu da corrida.

Após toda a confusão, os líderes em Indianápolis eram o inglês Jenson Button, da BAR, e o alemão Heinz-Harald Frentzen, da Sauber, que fizeram somente uma parada, já colocando os pneus corretos.

Schumacher era o sexto colocado e, aí, começou a dar show. Fez cinco ultrapassagens, inclusive sobre Kimi Raikkonen, assumiu a liderança e começou a abrir frente. Com a pista molhada, mostrou seu talento infinitamente superior ao dos concorrentes.

A partir daí, a corrida acabou "acalmando". A chuva parou, a pista secou e todos voltaram a usar pneus para pista seca. Raikkonen ainda ultrapassou Frentzen, assumiu a segunda colocação e impediu o título antecipado do alemão. Mas parece mesmo ser questão de tempo. Duas semanas, mais exatamente.

Clique aqui para ver a classificação atualizada do Mundial de F-1.


Comente esta notícia nos Grupos de Discussão UOL

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

03/09/2007

20h22
Espanhóis comemoram boas atuações no Aberto dos EUA


20h14
Santos tira peso de favoritismo e prevê retomada contra o Inter


20h13
Jogadores do Bota lametam má fase de Dodô


20h10
Diretoria do Bota não teme Fifa e grupo diverge sobre Dodô


20h05
Blake segue sem vencer em partidas de cinco sets

MAIS F1

10/08/2010

16h21
Liuzzi descarta Force India brigando pela vitória em Spa


15h44
Chefe da Cosworth diz que novatas podem pontuar


14h14
Renault vai fornecer motores para a Lotus em 2011


14h14
Renault vai fornecer motores para a Lotus em 2011


14h14
Renault vai fornecer motores para a Lotus em 2011