PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Veja os 5 carros de F1 mais caros que foram vendidos em leilão

Ayrton Senna com a McLaren no GP da França de 1993, em Magny Cours - Pascal Rondeau/Getty Images
Ayrton Senna com a McLaren no GP da França de 1993, em Magny Cours Imagem: Pascal Rondeau/Getty Images

Colaboração para o UOL

24/07/2021 13h34

A compra de carros de F1 em leilões se tornou prática comum entre os milionários mundo a fora, os modelos clássicos utilizados por pilotos lendários se tornaram peças únicas em grandes coleções. Veja a lista dos 5 modelos mais caros já vendidos:

McLaren MP4/8A 1993 (Ayrton Senna)

McLaren 1993 - Pascal Rondeau/Getty Images - Pascal Rondeau/Getty Images
Ayrton Senna com a McLaren no GP da França de 1993, em Magny Cours
Imagem: Pascal Rondeau/Getty Images

A linha MP4 da McLaren já produziu inúmeros carros clássicos e alguns deles dominaram o esporte. Como esquecer do MP4/4, guiado por Senna e Prost em 1988, ano do primeiro título mundial do brasileiro?

Mas o MP4/8A, usado por Senna, Andretti e Hakkinen em 1993, foi um modelo marcante que foi vendido por Ron Dennis a um colecionador em 2006, se tornando o primeiro MP4 privado do mundo.

Este modelo em específico foi usado por Ayrton Senna na sexta e última vitória do brasileiro no GP de Mônaco, em 1993. O carro também foi usado em outras 6 etapas no ano em que Senna foi vice-campeão para Alain Prost e a Williams.

Em 2018, o MP4/8A foi vendido em um leilão em Mônaco por 3,6 milhões de libras (25,7 milhões de reais).

McLaren MP4-25A 2010 (Lewis Hamilton)

McLaren 2010 - Reprodução/F1.com - Reprodução/F1.com
McLaren MP4-25A, pilotada por Hamilton em 2010
Imagem: Reprodução/F1.com

Outro carro da linha MP4, desta vez o modelo 25A usado na temporada de 2010, quando a dupla da McLaren era Lewis Hamilton e Jenson Button.

O modelo específico foi guiado pelo heptacampeão quando venceu na Turquia em 2010, além do GP da China. Button também pilotou o veículo em Abu Dhabi.

O carro foi vendido durante as atividades do GP do Reino Unido deste ano e foi o primeiro carro de Hamilton a ser oferecido em um leilão, sendo que quase bateu o recorde de preço por um F1.

Com a McLaren, Hamilton conquistou seu primeiro campeonato mundial, em 2008, e na temporada de 2010 protagonizou grandes disputas com a Red Bull, de Vettel e Webber, e com a Ferrari, de Alonso e Massa, mas acabou em quarto lugar.

O MP4-25A foi adquirido por 4,8 milhões de libras (cerca de 34,2 milhões de reais).

Ferrari F2002 2002 (Michael Schumacher)

Ferrari 2002 - Jed Leicester/EMPICS via Getty Images - Jed Leicester/EMPICS via Getty Images
Michael Schumacher (Ferrari) no Grande Prêmio da França de 2002
Imagem: Jed Leicester/EMPICS via Getty Images

Se a McLaren consegue faturar bem vendendo seus modelos MP4, a Ferrari não fica atrás com seus modelos F. Quem não sonharia em ter um carro onde Michael Schumacher venceu, não apenas uma, mas três corridas, entre elas a corrida que o consagrou como pentacampeão mundial.

O modelo F2002 foi usado pelo alemão, juntamente com o brasileiro Rubens Barrichello, e foi um dos carros mais dominante de todos os tempos. Naquele ano foram 15 vitórias, 11 poles e 15 voltas mais rápidas em um total de 19 corridas.

O chassi vendido foi testado por Barrichello em Barcelona, mas depois usado por Schumacher nas vitórias em Ímola, Áustria e França.

O F2002 de Schumacher foi vendido no GP de Abu Dhabi de 2019 por um valor de 5 milhões de libras (cerca de 35,7 milhões de reais).

Ferrari F2001 2001 (Michael Schumacher)

Ferrari 2001 - Reprodução/F1.com - Reprodução/F1.com
Ferrari F2001, pilotada por Schumacher
Imagem: Reprodução/F1.com

E tem mais Ferrari na lista, o antecessor do F2002 também rendeu uma boa quantia.

O chassi número 211 foi testado por Rubens Barrichello e Luca Badoer em Mugello, mas pilotado por Schumacher nos GPs de Mônaco e Hungria, onde o alemão venceu em 2001.

O modelo é o carro de F1 moderno mais caro a já ser vendido e superou as expectativas do leilão em Nova York, era esperado um valor de 2 milhões de dólares, mas o valor final da venda foi de 7 milhões de dólares (cerca de 39 milhões de reais)

Assim como a venda do F2002, uma parte do dinheiro que o F2001 rendeu foi doada para a fundação Michael Schumacher's Keep Fighting.

Mercedes W196R 1954 (Juan Manuel Fangio)

Mercedes 1954 - Reprodução/F1.com - Reprodução/F1.com
Mercedes de Fangio no GP da Suíça de 1954
Imagem: Reprodução/F1.com

Ayrton Senna, Lewis Hamilton e Michael Schumacher passaram por essa lista, chegou a hora de Juan Manuel Fangio.

O W196R foi o carro pilotado pelo argentino em 1954, quando conquistou seu segundo título mundial. O modelo vendido foi usado por Fangio nas vitórias na Alemanha e Suíça, além de ter passado pelas mãos de Hans Hermann no GP da Itália.

O carro é um símbolo da primeira era de domínio das 'flechas de prata' na F1, antes de Lewis Hamilton, junto de Nico Rosberg, começarem a segunda 'Era Mercedes'.

O W196R foi vendido no festival de Goodwood, em 2013, por um valor histórico. 19,6 milhões e libras (cerca de 140 milhões de reais).

Realmente pilotar um F1 é para poucos, mas comprar um F1 é para muito poucos.

Errata: o texto foi atualizado
Em 1993, os pilotos da McLaren foram Ayrton Senna, Michael Andretti e Mika Hakkinen. O erro foi corrigido.

Fórmula 1