PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

GP da Espanha: treinos livres têm safety car e hegemonia da Mercedes

Finlandês que corre pela Mercedes foi o melhor piloto da 1ª sessão de treinos - Albert Gea/Reuters
Finlandês que corre pela Mercedes foi o melhor piloto da 1ª sessão de treinos Imagem: Albert Gea/Reuters

Do UOL, em São Paulo

07/05/2021 07h56Atualizada em 07/05/2021 11h18

Os treinos livres de hoje para o Grande Prêmio da Espanha foram marcados pelas vitórias de Valteri Bottas na primeira sessão e de Lewis Hamilton na segunda.

A primeira etapa foi marcada por erro de Nikita Mazepin que o fez perder o controle e deixar a pista. Na segunda etapa, Carlos Sainz enfrentou um problema em uma das curvas e o virtual safety car precisou ser acionado.

Mick Shumacher e Mazepin terminaram o treino em décimo nono e vigésimo, respectivamente.

Bottas lidera primeira sessão

A participação de um "velho conhecido" e um erro protagonizado por Nikita Mazepin marcaram a 1ª sessão de treinos livres para o GP da Espanha, realizado na manhã de hoje.

A etapa teve o finlandês Valteri Bottas, da Mercedes, com o melhor tempo (1m18s504), seguido de Max Verstappen, da Red Bull, e de Lewis Hamilton, também da Mercedes.

Os treinos começaram com o polonês Robert Kubica, que participou da Fórmula 1 entre 2006 e 2010 e também na temporada de 2019, substituindo Kimi Raikkonen na Alfa Romeo.

O experiente piloto, no entanto, chegou a causar bandeira vermelha após rodar em uma de suas voltas. Ele ficou com o penúltimo tempo da sessão, à frente apenas de Mazepin, da Haas.

Mazepin, aliás, foi o outro ponto marcante do treino. Isso porque o polêmico piloto russo foi o outro a perder o controle e sair da pista - ele não chegou a gerar danos no carro.

Hamilton termina em primeiro

No início da segunda etapa, o carro de Carlos Sainz, da Ferrari, sofreu uma pequena avaria durante uma curva e uma peça de metal foi para no meio da pista. O fiscal da prova acionou o Virtual Safety Car para retirar o material do caminho e os carros tiveram que reduzir a velocidade para 40%. Apesar do susto, o piloto continuou correndo normalmente.

Bottas iniciou a sessão na liderança, mas foi ultrapassado pelo companheiro de Mercedes Lewis Hamilton que segurou a ponta. Charles Leclerc conquistou o terceiro lugar e também segurou a posição.

Fórmula 1