PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton fará boicote às redes sociais em apoio a colegas do futebol

Lewis Hamilton - Getty Images
Lewis Hamilton Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/04/2021 10h55

Heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton anunciou em suas redes sociais que vai aderir ao movimento liderado pelos clubes ingleses de futebol contra mensagens de ódio racial nas redes sociais. O piloto da Mercedes disse que não fará publicações durante o fim de semana em apoio à comunidade do futebol.

"Para mostrar solidariedade com a comunidade do futebol, ficarei 'no escuro' nos meus canais de mídia social neste fim de semana. Não há espaço na nossa sociedade para nenhum tipo de abuso, online ou não, e há muito tempo tem sido fácil para alguns publicar mensagens de ódio atrás de suas telas", escreveu o inglês em seus stories, no Instagram.

Hamilton ressaltou, ainda, que apenas um boicote durante alguns dias não resolverá o problema das mensagens de ódio e se colocou à disposição para cobrar as mudanças necessárias para o fim deste tipo de publicação direcionada aos atletas.

"Como um boicote não deve resolver o problema da noite para o dia, precisamos pedir mudanças necessárias, mesmo quando parece uma tarefa quase impossível. O esporte tem o poder de nos unir. Não vamos aceitar abuso como parte dele. Ao invés disso, vamos ser aqueles que fazem a diferença para as futuras gerações", completou.

Entenda a situação

Os times de primeira e segunda divisão do futebol inglês, além da Federação Inglesa e as ligas do país anunciaram que ficarão sem interagir nas redes sociais entre hoje e segunda-feira (3). A Uefa também participará da iniciativa, que tem como objetivo conscientizar sobre os ataques racistas contra jogadores negros do futebol inglês.

Fórmula 1