PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Acidente polêmico termina sem punições no GP da Espanha; veja o vídeo

Esteban Ocon nos boxes durante os treinos livres do GP da Espanha - Peter Fox/Getty Images
Esteban Ocon nos boxes durante os treinos livres do GP da Espanha Imagem: Peter Fox/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/08/2020 09h59

Um acidente polêmico marcou a terceira sessão de treinos livres do GP da Espanha, a sexta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1. Pouco antes da definição do grid de largada, hoje, o francês Esteban Ocon, da Renault, tentou se desviar do carro de Kevin Magnussen, da Haas, em uma reta e acabou se chocado contra o muro.

O acidente gerou um pouco de polêmica por causa da redução drástica de velocidade de Magnussen em uma das retas do circuito da Catalunha.

O dinamarquês fez a ultrapassagem sobre Ocon na curva 3, quando ambos os pilotos se preparavam para a última volta rápida do treino.Antes de chegar à curva 4, porém, o que se vê é a aceleração de Ocon, que sente uma freada brusca de Magnussen e tenta desviar pelo lado direito. O francês perde a direção e se choca contra o muro, danificando o bico de sua Renault.

O acidente, ocorrido na reta final da sessão, foi investigado pela direção da prova. Os dois pilotos foram chamados para uma conversa, mas nenhuma punição foi aplicada.

No treino classificatório, Lewis Hamilton conquistou a pole position do Grande Prêmio da Espanha. Após liderar as duas primeiras etapas da classificação e o último treino livre, o piloto da Mercedes consolidou a boa atuação nos últimos dias e conquistou o primeiro lugar no grid de largada da corrida. Será a 92ª vez que o britânico largará na ponta.

Valtteri Bottas foi o segundo colocado, formando a dobradinha de Mercedes. Max Verstappen, da Red Bull, largará da terceira posição. Em seis corridas nesta temporada de 2020, a Mercedes conquistou seis pole positions: quatro de Hamilton e duas de Bottas.

Confira a classificação para o GP da Espanha:

1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min15s584
2º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min15s643
3º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min16s292
4º Sergio Perez (MEX/Racing Point) - 1min16s482
5º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) - 1mn16s589
6º Alex Albon - (TAI/Red Bull) - 1min17s029
7º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - 1min17s044
8º Lando Norris (ING/McLaren) - 1min17s084
9º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - 1min17s087
10º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - 1min17s136

Q2
11º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min17s168
12º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - 1min17s192
13º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - 1min17s198
14º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - 1min17s386
15º Esteban Ocon (FRA/Renault) - 1min17s567

Q1
16º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - 1min17s908
17º Romain Grosjean (FRA/Haas) - 1min18s089
18º George Russell (ING/Williams) - 1min18s099
19º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - 1min18s532
20º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - 1min18s697

Fórmula 1