PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Após susto ao rodar, Hamilton "se recompõe" e ressalta vantagem da Mercedes

Lewis Hamilton conquistou a 91ª pole position na carreira - Pool/2020 Pool
Lewis Hamilton conquistou a 91ª pole position na carreira Imagem: Pool/2020 Pool

Do UOL, em São Paulo

01/08/2020 11h59

Em poucos minutos, Lewis Hamilton deixou para trás o susto de uma rodada no treino classificatório para obter um grande desfecho e conquistar a pole position no GP da Grã-Bretanha, a quarta etapa do Mundial de F-1. E após o qualifying de hoje, no circuito de Silverstone, o piloto inglês ressaltou a boa diferença dos carros da Mercedes, que largarão na primeira fila, para a Red Bull.

"Ficou um grande buraco entre nós e o terceiro colocado, mas, no fim, isso não importa", afirmou Hamilton, que cravou o tempo de 1min24s303 e ficou mais de um segundo à frente do holandês Max Verstappen. O piloto da Red Bull ficou em terceiro lugar.

Entre eles, estará novamente o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, assim como aconteceu na corrida passada, na Hungria. "A briga com Bottas foi difícil. Ele me empurra até o fim", complementou Hamilton após conquistar a 91ª pole position de sua carreira -a sétima em Silverstone.

Antes de conquistar a pole, porém, Hamilton deu um susto ao rodar com sua Mercedes a oito minutos do fim da segunda parte do treino. Na retomada, ele conseguiu fazer o segundo melhor tempo do Q2 antes de se mostrar absoluto na última parte do classificatório.

"É claro que tivemos essa rodada. Dirigir no classificatório é confiança. Não sei como consegui, mas mantive a calma, tive que me recompor. E as duas voltas do Q3 foram muito boas. A primeira volta foi limpa, e a segunda foi ainda melhor", justificou o hexacampeão mundial.

Hamilton vem de duas vitórias seguidas no Mundial de Fórmula 1 -GPs da Estíria e da Hungria. Com isso, ele lidera o Mundial de pilotos, com 63 pontos. Ele tem cinco de vantagem para Bottas, que venceu a primeira etapa do campeonato, o GP da Áustria.

Fórmula 1