PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

"A corrida não pode ser pior", reclama Vettel após treino em Silverstone

Vettel vê decepção em treino para o GP da Grã-Bretanha - Colombo Images/Ferrari
Vettel vê decepção em treino para o GP da Grã-Bretanha Imagem: Colombo Images/Ferrari

Do UOL, em São Paulo

01/08/2020 14h36

De saída da Ferrari, Sebastian Vettel teve mais um dia frustrante na temporada 2020 da Fórmula 1. Com problemas na ultima parte do treino classificatório, hoje, ele vai largar na décima colocação no GP da Grã-Bretanha, seis abaixo de seu companheiro de equipe, o monegasco Charles Leclerc.

Tetracampeão mundial correndo pela Red Bull, Vettel não saiu nada satisfeito do treino e soltou frases críticas ao prever seu desempenho na corrida que acontece amanhã, às 10h, no circuito de Silverstone. "Estou relativamente confiante de que amanhã será melhor, mas não sei quanto. Não posso prometer nada, mas não pode ser pior", declarou em entrevista publicada pelo site "Autosport".

A relação entre Vettel e a Ferrari não tem sido amistosa nesta temporada. A escuderia se antecipou ao falar que o alemão não seria um de seus pilotos em 2021. Antes da primeira etapa do Mundial, Vettel rebateu ao dizer que nao facilitaria a vida de Leclerc, a aposta do time italiano por um futuro vitorioso.

E essa conturbada relação voltou a respingar hoje, quando Leclerc obteve um desempenho bem superior ao de seu companheiro. "Não quero acusar ninguém de más intenções", disse Vettel ao ser questionado por um suposto favorecimento da Ferrari a Leclerc. "Do meu lado, não era o ideal hoje. Nao sei o que deu errado. Demorei para entrar no ritmo."

Apesar de não suspeitar de favorecimento ao monegasco, Vettel admite que não está em uma situação confortável na Ferrari por já saber que não continuará no time em 2021. "Não é um ano fácil até agora. Agora as corridas acontecem rapidamente. Então isso pode ser doloroso, mas pode ser uma bênção."

Vettel e Leclerc já tiveram um atrito nesta temporada. No GP da Estíria, eles colidiram na primeira curva, e ambos os pilotos tiveram de abadonar. Após a corrida, porém, eles mantiveram o clima pacífico.

Independentemente do ambiente conturbado, a Ferrari também não vive bom momento dentro da pista. Leclerc chegou em segundo lugar na primeira etapa, o GP da Áustria, e nao voltou mais a pontuar. Já Vettel teve como melhor resultado o sexto lugar no GP da Hungria. Isso coloca a equipe em quinto lugar na disputa entre construtores, atrás de Mercedes, Red Bull, McLaren e Racing Point.

O quarto lugar no grid de largada em Silverstone fez Leclerc celebrar. "Estou muito feliz, não esperava a quarta colocação para a corrida, especialmente largando com pneus médios. Não estava confiante com isso, e fazer (a estratégia) funcionar foi muito bom." Essa é a melhor posição de largada de Leclerc nesta temporada.

Fórmula 1