PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

"3º lugar é o melhor que temos para fazer", diz Verstappen

Max Verstappen é quem mais se aproxima das Mercedes - Frank Augstein/Pool via Getty Images
Max Verstappen é quem mais se aproxima das Mercedes Imagem: Frank Augstein/Pool via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/08/2020 13h21

Max Verstappen reconheceu o poderio da Mercedes neste começo da temporada 2020 da Fórmula 1. Ele ficou em terceiro lugar no treino classificatório para o GP da Grã-Bretanha, hoje, e disse que não conseguiria ir além disso e emparelhar com os carros da Mercedes.

"A Mercedes estava muito rápida, e você tem que aceitar isso. Você tenta fazer o melhor que pode, e isso é o terceiro lugar", afirmou o piloto da Red Bull, que ficou mais de um segundo atrás do tempo cravado pelo pole position Lewis Hamilton. Largará entre eles o finlandês Valtteri Bottas, companheiro do inglês na Mercedes.

Para amenizar a desvantagem em relação aos carros da Mercedes, Verstappen comemorou o desempenho ao lembrar do que havia feito na corrida passada, o GP da Hungria. Na ocasião, o desempenho da Red Bull foi ruim no treino classificatório, e o holandês obteve apenas o sétimo lugar.

"Depois do que aconteceu na Hungria, o terceiro lugar é um bom ponto de largada", comentou, demonstrando confiança de que pode se recuperar no decorrer da prova, que acontece amanhã, às 10h, no circuito de Silverstone.

"Acho que na corrida estamos um pouco mais perto. Pelo menos eu vou lutar", complementou o holandês, que ocupa o terceiro lugar na classificação geral do Mundial de F-1, com 33 pontos -30 a menos que Hamilton.

Verstappen vem de uma grande atuação no GP da Hungria. Depois de largar na sétima posição, ele ultrapassou quatro carros na primeira curva e terminou a corrida na segunda colocação. Levou pressão de Bottas nas últimas voltas, mas se segurou atrás apenas de Hamilton.

Fórmula 1