PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Fórmula 1 confirma dois testes positivos de coronavírus, mas não cita nomes

Nomes e função das duas pessoas não foram informados; F1 disse apenas que elas não estiveram no GP de Estíria - LAT Images/Mercedes
Nomes e função das duas pessoas não foram informados; F1 disse apenas que elas não estiveram no GP de Estíria Imagem: LAT Images/Mercedes

Do UOL, em São Paulo

17/07/2020 12h55Atualizada em 17/07/2020 13h41

A Fórmula 1 e a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciaram hoje que duas pessoas envolvidas com a competição apresentaram resultado positivo nos testes feitos para detectar o coronavírus. A identidade de ambas não foi revelada.

A organização disse que as duas pessoas foram isoladas e que as demais que tiveram contato com elas também foram localizadas e mantidas em quarentena.

Sem citar nomes ou equipes, a Fórmula 1 afirmou que as duas pessoas diagnosticadas não estavam no GP de Estíria — feita no último dia 11 de julho.

Entre sexta-feira (10) e ontem, foram realizados 4.997 testes da covid-19, segundo o tuíte da Fórmula 1.

A próxima prova será o GP da Hungria, marcado para este domingo (19). Nenhuma possibilidade de cancelamento foi discutida.

A organização anunciou o retorno das corridas para o mês de julho, com dez circuitos confirmados.

Todas as etapas estão acontecendo sem a presença de torcedores e aglomerações, além de uma rotina de testes aplicados todos os funcionários das equipes, da organização e da imprensa.

Fórmula 1