PUBLICIDADE
Topo

Hamilton se diz arrasado com morte de sua cadela: 'nunca esquecerei'

Coco, cadela de Lewis Hamilton - Reprodução
Coco, cadela de Lewis Hamilton Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/06/2020 11h59

O britânico Lewis Hamilton anunciou em suas redes sociais a morte de sua cadela Coco. Dizendo estar arrasado com a despedida precoce - Coco tinha seis anos -, o piloto de Fórmula 1 contou que não teve sucesso ao socorrê-la do que pareceu ser um ataque cardíaco

"Na noite passada, por volta das 21h, minha linda menina Coco morreu em casa com a família ao seu lado. Seu pequeno coração cedeu, acreditamos ter sido ataque cardíaco. Eu tentei reanimá-la, mas não adiantou. Ela teve o melhor dia, mais feliz do que eu a via há muito tempo", escreveu.

"Em seu último dia, nós compartilhamos um momento especial tocando juntos, que eu nunca esquecerei. Sentirei falta do seu ronco e como ela estava sempre feliz em me ver. Ela tinha apenas 6 anos, era saudável e feliz. Naturalmente, meu coração está partido, mas espero que ela esteja em um lugar melhor", completou.

Além de Coco, Hamilton adotou outro cão da raça buldogue inglês, chamado de Roscoe, em 2013. Ele mantém um perfil no Instagram com quase 200 mil seguidores no qual compartilha fotos dos animais de estimação.

A morte de Coco ocorre semanas antes de Hamilton iniciar a busca por mais um título da Fórmula 1. A primeira etapa da temporada está marcada para o dia 5 de julho, na Áustria.

Em casa