PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Se ocorrer, GP da Hungria de F-1 será realizado com portões fechados

Hamilton ultrapassa Verstappen para vencer GP da Hungria em 2019 - Reprodução Twitter
Hamilton ultrapassa Verstappen para vencer GP da Hungria em 2019 Imagem: Reprodução Twitter

Do UOL, em São Paulo

01/05/2020 21h14

O Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1 deverá acontecer com portões fechados e sem público devido à disseminação da pandemia do novo coronavírus. Porém, ainda há risco da corrida não acontecer.

O governo húngaro anunciou nesta quinta-feira (29) a proibição de reunião de mais de 500 pessoas até o dia 15 de agosto. Como a corrida está prevista para 2 de agosto, a organização preferiu realizar sem espectadores.

"A equipe de Hungaroring esperou até o fim e ainda está em negociações constantes com o detentor dos direitos internacionais, mas agora ficou claro que não podemos realizar o 35º Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1 com espectadores, apesar de todos os nossos esforços", disse a organização em nota.

Segundo os organizadores, a opção de realizar o GP sem público era melhor do que cancelar o evento. "Acreditamos que é uma solução muito melhor se os fãs húngaros puderem acompanhar os eventos do Grande Prêmio da Hungria através da televisão ou internet do que se não houvesse competição doméstica este ano".

Os húngaros que já haviam comprado ingresso para a corrida poderão trocar no site da Hungaroring por um ingresso do GP do ano que vem.

No entanto, ainda não está certo que a corrida deve acontecer porque todo o calendário da Fórmula 1 precisou ser modificado. A organização espera começar a temporada deste ano em julho, com o GP da Áustria, mas com o avanço da pandemia na Europa, não está certo se as corridas no continente vão acontecer. A França já cancelou nesta semana a sua corrida.

Fórmula 1