PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Cancelamento de GP da Austrália também derruba prova que teria Barrichello

Rubinho correria etapa da S5000 em Melbourne; em treino, pegou o 11º lugar - S5000/Divulgação
Rubinho correria etapa da S5000 em Melbourne; em treino, pegou o 11º lugar Imagem: S5000/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

13/03/2020 14h12

O cancelamento do Grande Prêmio da Austrália, etapa que abriria o Mundial 2020 de Fórmula 1, em decorrência da pandemia de coronavírus, provocou também o cancelamento de eventos que ocorreriam durante o final de semana.

Em comunicado divulgado hoje, a S5000, categoria australiana de monopostos, informou que também não disputará sua prova no fim de semana no Albert Park, em Melbourne.

"A Australian Grand Prix Corporation (AGPC) confirmou que o evento do Grande Prêmio da Austrália 2020 foi cancelado, o que significa que a primeira etapa do Campeonato Australiano de S5000 não irá adiante", informou o site da categoria.

A S5000 havia confirmado a presença de convidados renomados para a etapa de abertura. Rubens Barrichello correria pela equipe BRM ao lado de outros quatro pilotos — entre eles, o britânico Jack Aitken, reserva da Williams na temporada da Fórmula 1. O italiano Giancarlo Fisichella e o francês Alexandre Prémat (ex-piloto de testes na F-1) também haviam sido anunciados.

No Instagram, Rubinho lamentou o cancelamento da programação. "Foi bom demais ter guiado nesta pista de Melbourne de novo. Uma pena todo o acontecido, mas agora o mais importante é cuidarmos de nós e, como consequência, do mundo", registrou.

O treino de classificação chegou a acontecer. James Golding largaria da pole position. Rubinho teve um acidente e largaria do 11º lugar. A prova aconteceria hoje. A próxima etapa está marcada para o fim de semana dos dias 27 a 29 de março, em Sydney.

Fórmula 1