PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Cléber relembra vitória de Senna em Monaco-92: "Senna é braço"

Cléber Machado relembrou o GP de Mônaco, que narrou em 92 - Divulgação/Rede Globo
Cléber Machado relembrou o GP de Mônaco, que narrou em 92 Imagem: Divulgação/Rede Globo

Marcelo Tieppo

Colaboração para o UOL

28/09/2019 04h00

Ayrton Senna, o rei de Mônaco, conquistou seis vitórias no GP mais tradicional do circuito da Fórmula 1. Em 92, ele obteve a mais difícil delas, quando travou uma batalha emocionante com o inglês Nigel Mansell nas últimas voltas. Essa prova é a que vai ser relembrada no Baú do Esporte, que vai ao ar no SporTV, nesta segunda-feira (30), logo após o Bem Amigos.

Curiosamente essa foi a única vez que Galvão Bueno não narrou uma vitória de Senna em Mônaco. A transmissão foi feita por Cléber Machado, que durante o programa teve a oportunidade de rever os principais momentos daquele GP. "Aquele final foi extraordinário. Mônaco é uma pista estreita, se você piscar, bate. E principalmente em Mônaco, Senna é braço", recordou o narrador.

Na prova de 92, Senna, então na McLaren só conquistou a liderança nas últimas voltas, depois que Mansell foi obrigado a parar nos boxes, porque a porca de uma das rodas da Williams se soltou. O inglês, que tinha o apelido de Leão, tinha um carro muito superior e conseguiu chegar no brasileiro. Mas aí Senna mostrou toda sua habilidade para se defender e conquistar o Grande Prêmio de Mônaco pela quinta vez naquele ano. Em 93, o brasileiro correu pela última vez no circuito e venceu novamente, totalizando seis vitórias, nas 10 vezes em que correu no Principado.

UOL Esporte vê TV