Topo

Fórmula 1


Fórmula 1

Lewis Hamilton vê Ferrari focada em Leclerc e sai em defesa de Vettel

Sebastian Vettel chega ao circuito de Paul Ricard para o GP da França - Pablo Guillen/Action Plus via Getty Images
Sebastian Vettel chega ao circuito de Paul Ricard para o GP da França Imagem: Pablo Guillen/Action Plus via Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Singapura (SIN)

21/09/2019 12h00

Sebastian Vettel vive uma fase delicada na carreira, cometendo uma série de erros e sendo superado pelo companheiro Charles Leclerc. Mas o alemão ganhou um apoiador de peso: Lewis Hamilton reconhece que a fase do rival não é das melhores e que o fato da atenção dentro da Ferrari estar naturalmente cada vez mais voltada a Leclerc, que é prata da casa e está fazendo uma ótima temporada de estreia pelo time de Maranello, também não ajuda. Mas acredita que Vettel só precisa de um resultado forte para mudar a situação.

"Ele é um dos pilotos mais vitoriosos da história do nosso esporte", disse Hamilton ao UOL Esporte em Singapura, onde a Fórmula 1 disputa a 15ª etapa da temporada neste final de semana. "A pressão está muito alta no momento porque as coisas não estão ótimas para ele. E é claro que é pior quando o seu companheiro está indo excepcionalmente bem e a energia e o amor da equipe vai todo para ele, para tudo o que ele está fazendo. Além de tudo isso, ele tem de lidar com a mídia, que está constantemente colocando mais pressão em cima dele."

A situação de Vettel piorou depois da última corrida, que foi vencida por Leclerc na Itália. Vettel acabou não pontuando depois de rodar sozinho e se chocar com Lance Stroll quando voltava para a pista. Além do resultado ruim, isso deixou Vettel a três prontos de ser banido por uma corrida devido ao excesso de punições no ano.

A saída, para Hamilton, é não se importar com as críticas. "Tudo o que eu posso dizer é que ele é um campeão do mundo. Ele se conhece mais do que qualquer um de fora, e não importa o que os outros pensam. Talvez ele esteja numa fase em que ele está se importando sobre o que as pessoas pensam - não sei, espero que ele não esteja na verdade", afirmou o líder do campeonato.

"Ele é um ótimo piloto e um cara muito bacana. Espero que ele consiga se livrar desse momento e seguir adiante. Honestamente acho que ele só precisa de um grande resultado e as pessoas vão parar de falar dessa fase. Espero que isso aconteça logo."

Vettel começou a ser questionado dentro da Ferrari na temporada passada, especialmente depois da sequência de toques que teve depois de abandonar o GP da Alemanha, em meados da temporada, enquanto liderava. Mas neste ano a situação é diferente devido à ascensão de Leclerc, tido como o futuro da Scuderia.

Vettel tem contrato até o final de 2020 e disse em Singapura que ainda ama correr, ainda que a fase não ajude. "Espero que as coisas se ajeitem logo. No momento isso não está acontecendo". Existe a especulação de que ele não termine seu contrato com a Ferrari, mas ele já negou isso em várias oportunidades.